Anízio Melo: “Queremos Fortaleza moderna e olhando para quem precisa”

Anízio Melo é pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Fortaleza

Foto: reprodução

“Nossa pré-candidatura é para valer. Defendemos frente ampla em nível nacional, estadual e local e nela cabem todos e todas, de todas as cores, todos que entendam que a democracia é a base para qualquer ponto de unidade. E a partir da democracia, vamos à luta por direitos, soberania, liberdade e combate ao fascismo”, explicou o pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Fortaleza, Anísio Melo, entrevistado na última quarta-feira (24) no programa Vozes da Cidade, transmitido pelas redes do PCdoB.

Por Lívia Duarte

“Nossa candidatura é para juntar partidos. Estamos abertos aos partidos do campo progressista e também para os de centro que possam pensar Fortaleza mais inclusiva e moderna e com olhar para quem mais precisa. Por isso, a pré-candidatura do PCdoB está colocada. E a educação é o veículo para mudança”, defendeu.

Formado em História e com 17 anos de trabalho em sala de aula, hoje estudante de Direito, a bandeira da educação faz parte da trajetória de lutas de Anísio. Começou a militar com apenas 15 anos, no Movimento Estudantil e na Pastoral da Juventude, durante o período da ditadura militar, entre 1976 e 1979. No movimento sindical, presidiu o Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Redes Públicas do Ceará (APEOC). Junto com sua categoria, além de aumentos salariais, garantiu excelente estrutura de carreira do magistério que o estado tem hoje.

“A educação é a mola mestra para mudança e o principal é o seu profissional, todos, desde o que abre o portão da escola”, afirmou Anísio, ressaltando que o mesmo serve para os outros servidores públicos, como os da Saúde, que precisam ter boas condições de trabalho para bem atender à população. Ele lembrou que o Ceará é um estado apontado como exemplo para o Brasil por conta da educação básica, especialmente na cidade de Sobral, e que Fortaleza já vem avançando, mas precisa avançar mais. “A educação é um instrumental básico em qualquer projeto de desenvolvimento que pensa em inclusão social”, concluiu.

Coronavírus

Anísio Melo avaliou que, a exemplo do que acontece no mundo e em todo o país, especialmente no Norte e no Nordeste, a pandemia do novo coronavírus abriu uma cortina que mostra a desigualdade social.

“Fortaleza não está fora dessas desigualdades. Vemos como o aluno de escola pública tem dificuldades para compensar isolamento, vemos a maioria da população presa a situações precárias de emprego. Vemos que a maioria necessita de investimento em políticas públicas de Estado para compensar essas desigualdades”, registrou.

“A demora da avaliação, a falta de inclusão de quem mais precisa, as filas [para acessar o auxílio emergencial de R$ 600 aprovado pelo Congresso], entendo que tudo isso é má vontade do governo Bolsonaro, que não tem o mínimo compromisso com a vida da nossa sociedade”, pontuou, afirmando que além da dos problemas atuais, é grande sua preocupação com o “pós-pandemia” e com a criação de políticas que enfrentem essa desigualdade.

Pré-campanha

A pré-campanha de Anísio foi lançada em 20 de junho, numa transmissão ao vivo pela internet que contou com importantes lideranças locais e também com a participação da presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, e do deputado federal Orlando Silva. Segundo ele, foi um espaço alegre de debates, como deve ser todo o processo a seguir.

“O PCdoB de Fortaleza está unido e fortalecido. Tem o pulsar da juventude, experiência, participação popular e sindical, está aberto a ouvir a todos os credos, cores. Entendemos que essa cidade precisa pulsar e que precisamos dar voz e vez a quem sempre esteve afastado das deliberações”, afirmou.

O pré-candidato a prefeito também anunciou que os pré-candidatos e pré-candidatas à vereança na capital cearense já somam 65 pessoas, com perfil diverso em termos social e de categorias, representando bem a cidade. “A chapa vai levar as propostas do PCdoB para a população. A chapa vem forte, alegre e consciente do papel que ela tem, não só de disputar o voto, mas de disputar a consciência, o coração e a mente das pessoas”, garantiu. Anísio calcula ser possível ampliar de um para três vereadores do PCdoB na cidade no próximo período.

Assista na íntegra:

Vozes da Cidade 

Vozes da Cidade é o programa do PCdoB para as redes sociais que busca debater a realidade dos municípios e a cidade democrática que pretendemos construir. É transmitido ao vivo pelas redes sociais do partido. Acompanhe seguindo no Facebook e marcando o sininho em nosso canal no Youtube.

Assista e conheça outros pré-candidatos e lideranças do partido:

Mário Fonseca, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Campo Grande: “Temos criatividade para desenvolver Campo Grande”

Namy Chequer, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Vitória: “Precisa valorizar organização comunitária em Vitória”

Janaína Deitos, pré-candidata do PCdoB à prefeitura de Florianópolis: “Florianópolis terá novas prioridades pós-pandemia”

Wadson Ribeiro, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Belo Horizonte: “Desafio de Belo Horizonte é cuidar das pessoas”

Deputada estadual da Bahia Olívia Santana, pré-candidata do PCdoB à prefeitura de Salvador: Precisamos de política transformadora contra o racismo

Saiba mais:
PCdoB lança pré-candidatura de Anizio Melo à prefeitura de Fortaleza
PCdoB anuncia pré-candidato à prefeitura de Fortaleza
PCdoB-CE realiza ato que marca filiações de profissionais da Educação