Germana Pires: “Políticas públicas devem chegar para todos em Palmas”

Germana Pires é pré-candidata a prefeita em Palmas e especialista em planejamento urbano e ambiental

Foto: reprodução

A pré-candidata do PCdoB à prefeitura de Palmas (TO), Germana Pires, afirmou que em uma cidade democrática, naquela que “quer construir”, todos e todas tem acesso às políticas públicas de forma justa e igualitária. Ela participou do Programa Vozes da Cidade, transmitidos pelas redes do PCdoB, na última quarta-feira (1).

Por Lívia Duarte

“Aqui em Palmas temos excelentes equipamentos urbanos, políticas públicas que construímos e servem de exemplo para o Brasil. Mas temos o desafio de fazer com que aconteçam de forma democrática. ‘Escolas referências’ têm que estar em todo o município. Minhas filhas estudam na escola municipal. A gente defende e vivencia essas políticas. Mas ela precisa ser para todos! A educação é um exemplo, mas há outros, saúde, transporte, menos distância entre trabalhador e local de trabalho. Tudo isso faz parte de uma cidade democrática”, afirmou a pré-candidata à prefeita, que explicou que sonhos fazem parte do projeto: “que as mulheres possam andar tranquilas nas ruas, as crianças brincar nas praças”.

Arquiteta e urbanista, Germana é professora da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e especialista em Planejamento Urbano e Ambiental. Ela é Mestre em Desenvolvimento Regional pela UFT e doutoranda em Planejamento Urbano e Regional pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.

Ocupou diversos cargos importantes para a gestão de Palmas: entre outros, foi Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e de Planejamento e Gestão, além de sub-secretária de Educação. Na política, além de membro da União Brasileira de Mulheres – UBM e das atividades relacionadas aos movimento de reforma urbana, Germana foi presidenta do PCdoB – TO e atualmente é presidenta do partido em Palmas.

Coronavírus

Segundo Germana Pires, em Palmas, a exemplo do que acontece em todo o país,  a cidade sofre com as mortes e com a crescente crise econômica e o aumento do desemprego. Ela ressaltou que a situação é piorada pela crise política decorrente das posturas do governo Bolsonaro.

“Falta direção, faltam políticas públicas para Saúde. Falta um governo (federal) que direcione o desenvolvimento econômico dos nossos municípios. É um ponto que aflige a todas as pessoas e afeta a todos os municípios”, analisou. “Precisávamos de atitudes positivas para garantir apoio às empresas e às famílias. Quando vieram, foi depois de meses, já em ampla emergência”, reforçou.

Estar em pré-campanha neste cenário implica ainda mais dificuldades. Além da realidade de “aversão à política”, que na opinião dela acaba afastando pessoas com grande potencial para a vida pública, há os desafios de uma nova forma de fazer política, com distância entre as pessoas, para evitar contaminação.

Em construção

“Aqui o cenário de alianças ainda é complexo. Há muitos pré-candidatos. Mas estamos mantendo diálogo aberto com amplos setores democráticos e buscando caminhos a partir de um bloco político que defende cidades democráticas”, comentou, registrando também o envolvimento e importante papel dos movimentos sociais neste processo.

Com relação aos pré-candidatos e pré-candidatas à Câmara Municipal, Germana lembrou dos nomes e perfis, ressaltando a construção de uma chapa diversa e representativa da cidade.

Germana tratou também de outros temas, como as especificidades e desafios de Palmas, como capital mais nova do país, e também desafios das mulheres na polícia.

Assista na íntegra:

Vozes da Cidade

Vozes da Cidade é o programa do PCdoB para as redes sociais que busca debater a realidade dos municípios e a cidade democrática que pretendemos construir. É transmitido ao vivo pelas redes sociais do partido. Acompanhe seguindo no Facebook e marcando o sininho em nosso canal no Youtube.

Assista e conheça outros pré-candidatos e lideranças do partido:

Camila Lanes, pré-candidata à prefeita de Curitiba: “Curitiba democrática é a cidade que cuida das pessoas”

Anízio Melo, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Fortaleza: “Queremos Fortaleza moderna e olhando para quem precisa”

Mário Fonseca, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Campo Grande: “Temos criatividade para desenvolver Campo Grande”

Namy Chequer, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Vitória: “Precisa valorizar organização comunitária em Vitória”

Janaína Deitos, pré-candidata do PCdoB à prefeitura de Florianópolis: “Florianópolis terá novas prioridades pós-pandemia”

Wadson Ribeiro, pré-candidato do PCdoB à prefeitura de Belo Horizonte: “Desafio de Belo Horizonte é cuidar das pessoas”

Deputada estadual da Bahia Olívia Santana, pré-candidata do PCdoB à prefeitura de Salvador: Precisamos de política transformadora contra o racismo

Saiba mais: 
Germana Pires: “É possível ter uma candidatura diferente em Palmas”
Germana Pires: 8 de março por igualdade, justiça e respeito!
Germana Pires: Palmas e o desafio das mudanças climáticas