Luciana critica Orçamento de Bolsonaro: não tem compromisso com o povo

Foto: Douglas Fagner/SEI

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, condenou os cortes de recursos em áreas fundamentais para o país contidos no orçamento de 2022, sancionado nesta segunda-feira (24) pelo presidente Jair Bolsonaro.

Luciana Santos destacou que “o Orçamento de 2022 registra o menor nível de investimento da história, cheio de cortes em áreas estratégicas como Educação, Saúde, Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, vetores indispensáveis para o desenvolvimento e para superação do momento crítico que vivemos”.

“Um exemplo do absurdo: R$ 100 milhões a menos para os hospitais federais. Outro: R$ 13 milhões a menos para a Fiocruz. E em plena pandemia! Enquanto isso, o orçamento secreto segue intocado. É essa a cara de um governo sem compromisso com seu povo”, acrescentou a dirigente.

Ao todo, os vetos de Bolsonaro somaram R$ 3,2 bilhões. A pasta com maior corte — mais de R$ 1 bilhão — foi a do Trabalho e Previdência, seguida da Educação, com R$ 802,6 milhões. Saúde, a sétima a obter maior enxugamento, somou mais de R$ 74 milhões em cortes. No Meio Ambiente, a tesourada superou os R$ 35 milhões, enquanto em Ciência e Tecnologia foi de mais de R$ 10 milhões.

Leia também: Parlamentares do PCdoB manifestam-se contra vetos de Bolsonaro

Por Priscila Lobregatte