Líder da Minoria, Jandira Feghali vai trabalhar para unir a esquerda

Segundo a deputada, liderança vai se reunir para discutir sobre a reforma da Previdência

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A nova líder da minoria na Câmara é a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ). A parlamentar defende a importância de mulheres ocuparem espaços de liderança na Câmara e afirma que vai trabalhar para unir a esquerda.
“Nós somos minoria no parlamento, mas essa afirmação de uma mulher na oposição é muito importante. Nós vamos atuar aqui trabalhando pra construir essa unidade desse campo de esquerda, da oposição, na minoria, e também abrir campo pra que qualquer parlamentar, mulher ou homem, que queira se opor à agenda do governo se some a nós.”

Com relação ao tema considerado prioritário pelo governo, a reforma da Previdência, Jandira Feghali acredita que ainda há muita desinformação sobre o tema e diz que a liderança está programando várias reuniões para discutir o assunto.

“Precisamos enfrentar a desinformação: há muita mentira em relação à Previdência, a começar pela questão do déficit e a que se destina a reforma. Quando esse texto chegar nós vamos entender exatamente o que está sendo proposto, mas me parece que o que está no centro da proposta é a capitalização pro sistema bancário aberto, que é o favorecimento do sistema financeiro na Previdência brasileira. Eu não tenho dúvida nenhuma de que o povo, a sociedade brasileira, será contra”, afirma.

A liderança da Minoria cabe à bancada partidária com número de integrantes imediatamente inferior à maioria, com posição política diferente em relação ao governo. No caso, o PCdoB de Jandira Feghali integrou o segundo maior bloco formado no início desta legislatura.