Em debate, Luciana defende amizade Brasil-China e federação partidária

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, relatou, em suas redes sociais nesta sexta-feira (11) sua participação, neste semana, em debate virtual organizado pelo Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE) e pelo Centro de Segurança e Estratégia Internacional da Universidade Tsinghua (China). Na ocasião, ela salientou a força e a importância da amizade entre Brasil e China — apesar das tentativas do governo Bolsonaro de destruí-la — e defendeu a federação como instrumento fundamental para assegurar a democracia e a pluralidade política no Brasil.

Luciana avaliou que o evento “foi uma excelente oportunidade de ampliar ainda mais a aproximação entre Brasil e China e o conhecimento mútuo sobre nossos sistemas políticos”.

A dirigente destacou também a “trajetória do PCdoB, nossa participação nas principais conquistas do povo brasileiro e a atual luta para que o direito à pluralidade expressa no pacto constitucional se mantenha”. Para isso, enfatizou, “temos defendido o direito de os partidos conformarem federações partidárias, com vistas à atuação no parlamento”.

Na quarta-feira (9), a Câmara dos Deputados aprovou a tramitação, em regime de urgência, do Projeto de Lei 2522/15, do Senado, que permite a instituição das federações partidárias. O instrumento tem sido defendido do PCdoB como forma de enfrentar a antidemocrática e autoritária cláusula de barreira, que limita a atuação dos partidos, especialmente os de caráter mais programático e ideológico.

No debate, Luciana disse também que “apesar das forças políticas que, hoje, ocupam o governo central de nosso país, e buscam sabotar a amizade entre o Brasil e a China, saibam que ela se fortalece a cada dia, bem como o respeito e a admiração do povo brasileiro pelo povo chinês”.

A presidenta do PCdoB concluiu dizendo que “consideramos ser de importância fundamental para os trabalhadores em torno do mundo, para os defensores da paz e do progresso da humanidade, que a China continue a tremular em alto a bandeira do socialismo”.

 

Leia também:

Luciana: urgência no PL da federação é vitória a favor da democracia

Urgência para projeto sobre federação partidária é aprovada na Câmara

 

Por Priscila Lobregatte