Palavra da presidenta



Luciana Santos: aliar solidariedade na pandemia e trabalho de filiação

A presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, pontua no vídeo editorial desta semana que os militantes e as militantes do PCdoB estão convidados a um duplo movimento: alargar a solidariedade com os mais vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus e ampliar as filiações partidárias. Luciana destacou que está mantido em 4 de abril o prazo para adesão às legendas para os que pretendem se candidatar nas eleições de 2020. Ela ressaltou que “a situação é gravíssima” no país, que já sofria com o “crescimento pífio” e o desemprego e agora precisa lidar com os efeitos da covid-19. Por isso, a dirigente instou a seguir pressionando por medidas econômicas e para fortalecer os cuidados sanitários.



Luciana defende mais Estado para sair da crise e enfrentar coronavírus

A presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, afirmou em vídeo editorial que é preciso fortalecer o papel do Estado para enfrentar o coronavírus e os efeitos da crise econômica. Para ela, a crise já se fazia presente com o crescimento de apenas 1,1% do PIB no ano passado, mas vem sendo agravado com a pandemia. Ela também criticou a falta de condução do governo Bolsonaro. “Fundamental garantir a suspensão do teto dos gastos e os investimentos em ciência, nas universidades públicas, nos postos de saúde e o fortalecimento do SUS”, defendeu a dirigente partidária. “Não é possível que num momento como este ainda estejamos drenando recursos para o mercado financeiro. É necessário que os recursos estejam para acudir para as necessidades da população brasileira”, ressaltou.



Luciana Santos convoca para 8 de março pela democracia e por direitos

No vídeo editorial desta semana, a presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, convoca todas e todos a tomarem as ruas neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Ela avalia que além das lutas históricas das mulheres, que pautam os atos nesta data, estamos vivendo momento decisivo na história do país, que gera ampliação nas demandas das manifestações. “É um tempo adverso, obscuro e autoritário. E é quando as mulheres se agigantam e lutam pela democracia!”, destacou Luciana, lembrando de algumas das inúmeras feministas que lutaram para chegarmos até aqui, personagens que costumam ser esquecidas pela história oficial. A presidenta nacional do PCdoB mencionou, ainda, o baixíssimo crescimento da economia no primeiro ano de governo Bolsonaro e comentou como o “pibinho” deve ser mais um motivo para protesto: “Este pibinho é fruto de política que retira direitos dos tra...



Luciana Santos destaca desafios de 2020, Movimento 65 e eleições

No vídeo editorial desta semana, a presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, destacou os resultados da primeira reunião da Comissão Política Nacional (CPN) deste ano, realizada na última quinta (13) e sexta-feira (14), em São Paulo. A presidenta ressalta que na opinião dos dirigentes da legenda, apesar das dificuldades, foi possível impor derrotas ao governo Bolsonaro. “Na Reforma da Previdência, por exemplo, nós conseguimos reduzir o que queriam, que era liquidar a Previdência, salvando alguns direitos fundamentais do povo brasileiro”, exemplificou. Em 2020, destacou, cabe seguir resistindo diante de grandes desafios, como as eleições municipais. “Nós lançamos o Movimento 65, e queremos que vocês participem ativamente, como candidatos e candidatas, para influenciar de maneira decisiva nos rumos das políticas públicas”, convidou. Por fim, destacou o ato político q...



Luciana Santos faz balanço e aponta perspectivas no Congresso em 2020

De volta ao vídeo editorial semanal, a presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos faz um balanço e aponta perspectivas das lutas no Congresso Nacional em 2020. Para ela, a reforma Tributária e a Educação são pautas fundamentais para a luta neste ano no Parlamento. “Embora a gente viva tempos tenebrosos, a bancada do PCdoB está disposta para fazer o bom combate”, destaca. A dirigente ressalta que além da resistência à pauta retrógrada do governo Bolsonaro, os comunistas serão propositivos, a exemplo do encaminhamento da reforma Tributária proposta pela Oposição no ano passado. A prioridade do PCdoB na Câmara, destaca a presidenta nacional, será a defesa da educação, com ênfase na luta para manter o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Luciana salienta, ainda, que o ano só começa e o Moviment...

1 2 3 8