Perpétua propõe auxílio emergencial para afetados por enchentes no AC

Foto: Ascom Perpétua Almeida

A vice-líder do PCdoB na Câmara, deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), apresentou nesta segunda-feira (22) o Projeto de Lei  508/2021, que institui o auxílio emergencial extraordinário às famílias que se encontram em condição de vulnerabilidade social e econômica por conta das inundações e enchentes no Acre. Pela proposta, o benefício será concedido em seis parcelas de R$ 600.

Perpétua relata que aproximadamente 120 mil pessoas foram prejudicadas pelas enchentes no Acre. Na avaliação da parlamentar, oferecer o auxílio emergencial extraordinário, neste momento, é uma questão humanitária, vital para a sobrevivência das famílias e para reaquecer a economia local. “Nosso estado vive uma situação dramática. Enfrentamos simultaneamente enchentes em pelo menos 10 municípios, surto de dengue, aumento no número de mortes por coronavírus, e uma crise humanitária na fronteira. Temos que agir com medidas urgentes e extraordinárias para que a situação precária de muitas famílias não se agrave ainda mais”, ressalta.

Nesses últimos dias, Perpétua Almeida percorreu alguns municípios atingidos pelas cheias dos rios. Esteve em Tarauacá, Feijó, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.  Naquelas localidades, viu de perto a dor e o desespero de muitos. “São milhares de famílias desalojadas pelo transbordamento dos rios que perderam sua moradia, seus móveis: cama, aparelhos de televisão, geladeira, fogão. Famílias humildes que demoraram décadas para conquistarem o mínimo de conforto e dignidade e em questão de horas perderam tudo”, afirma a deputada.

Perpétua conta que a situação das enchentes fez com que os pequenos produtores rurais, os microempresários e pequenos empresários tivessem prejuízos de grandes proporções. “Em Tarauacá, por exemplo, 80% da cidade está alagada. O que o pequeno produtor e comerciante podem fazer agora? Como vão sobreviver? É preciso dar um tratamento especial para eles”.

 

(PL)