PCdoB-SP: Vital fará muita falta aos comunistas de todo o mundo

Foto: reprodução

O Comitê Estadual do PCdoB de São Paulo emitiu nota, nesta quarta-feira (19), sobre o falecimento do histórico militante e dirigente comunista Vital Nolasco. “Vital dedicou sua vida inteira ao povo brasileiro e à construção de uma sociedade mais justa e fará muita falta aos comunistas de todo o mundo!”, diz a nota.

Leia a íntegra:

 

É com o coração apertado que neste dia 19 de janeiro de 2022, recebemos e transmitimos a notícia do falecimento do nosso camarada Eustáquio Vital Nolasco, aos 75 anos.

Vital Nolasco, nascido em Belo Horizonte, foi o segundo de 10 filhos do padeiro Orlando e da lavadeira Diva. Trabalhando desde os 10 anos de idade, foi como secundarista que iniciou sua militância política.

Em 1964 ingressou na Juventude Operária Católica (JOC) e foi eleito para sua direção nacional. Ainda na ditadura militar, entrou para o Sindicato dos Metalúrgicos de Belo Horizonte e Contagem e participou de diversas greves operárias daquele período. Ingressou na Ação Popular (AP) e foi preso e torturado de forma bárbara por 20 dias, mantendo silêncio, não revelou nada ao regime militar.

Buscou o Partido Comunista anteriormente, mas devido à chacina da lapa, só obteve contato com a direção do partido em 1978, continuando militante do movimento sindical. Já filiado, participou ativamente da construção e da campanha de filiação para a legalização do partido, presidiu o centro de cultura operário e foi eleito segundo secretário da diretoria do sindicato dos metalúrgicos de São Paulo, exercendo essa tarefa de 1983 até 1987.

Exerceu mandato destacado de vereador na cidade de São Paulo de 1988 até 1996, foi membro do comitê central do PCdoB e secretário de finanças nacional do partido na gestão que conquistou a nossa sede própria. Também desempenhou diversas tarefas tanto na direção municipal do PCdoB em São Paulo, quanto na direção estadual.

Vital dedicou sua vida inteira ao povo brasileiro e à construção de uma sociedade mais justa e fará muita falta aos comunistas de todo o mundo!

Nos solidarizamos com nossos camaradas, com toda sua família e amigos. A seu exemplo, sabemos que lutar vale a pena e seguimos firmes na luta pela superação deste sistema e na construção de um novo futuro para a humanidade!

VITAL NOLASCO, PRESENTE!

19 de Janeiro de 2022
Comitê Estadual do PCdoB-SP

 

Assista aqui vídeo em homenagem a Vital Nolasco

Leia também:

Luciana lamenta morte de Vital, líder “de visão e de grandes lutas”

Morre aos 75 anos Vital Nolasco, militante histórico do PCdoB

Vale a pena lutar: a trajetória de Vital Nolasco

 

(PL)