Nota de pesar PCdoB-RJ: Fernando Nogueira, a sua história continua

O PCdoB do Rio de Janeiro emitiu nota de pesar pelo falecimento, nesta sexta-feira (1º/07), do camarada Fernando Freire, “um marxista-leninista convicto, com ampla formação cultural e política”.

Assinada pelo comitês estadual e municipal do PCdoB carioca, a nota destaca que Fernando era “firme com suas convicções, foi um camarada sempre pronto para todas as lutas.” E também “era um entusiasta, nunca deixou de opinar de forma firme,  clara e coerente.”

Leia a íntegra:

Fernando Nogueira, a sua história continua

Nos deixou ontem, o camarada Fernando Nogueira. Oriundo do PCB, travou batalhas contra a então direção oportunista liderada por Roberto Freire. Esse nunca foi seu jeito! No momento da decisão, não teve dúvida, era um marxista-leninista convicto, com ampla formação cultural e política, e optou por ingressar no PCdoB.

Quando a déblâce assolava a esquerda mundial, militantes do socialismo científico tinham a determinação daqueles que valem por muitos. Fernando Nogueira era um desses. Boêmio da Lapa, bom de papo, contava histórias que pareciam ter saindo de um livro. Enredos e traçados que destacavam a luta, assim era Fernando Nogueira.

No PCdoB, firme com suas convicções, foi uma camarada sempre pronto para todas as lutas. No Comitê Estadual, como secretário Sindical assumiu a batalha eleitoral de diversos sindicatos classistas, onde foi vitorioso.

São muitas histórias que poderiam ser contadas. Mas tem uma que ainda está sendo escrita, a vitória de Lula em outubro. Era um entusiasta, já com dificuldades, nunca deixou de opinar de forma firme,  clara e coerente. Agora falta pouco, mesmo sem você, faremos honrar a bandeira do PCdoB, que vai tremular alto, e a cada avanço, seu nome será lembrado, pois você sempre fará parte desta conquista. Nossas bandeiras se inclinam e te reverenciam, nossa jornada segue firme! Obrigado Fernando Nogueira. Presente, sempre!

PCdoB Carioca
PCdoB-RJ

__