Manuela: “Pressão popular botou Pedro Parente para fora da Petrobras”

Foto: Ricardo Stuckert

A pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela d’Ávila comentou em suas redes sociais sobre o pedido de demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, na manhã desta sexta-feira (1/6). Manuela afirmou que a pressão popular colocou Parente para fora da estatal.

Desde que iniciou a crise no abastecimento, causada pela greve dos caminhoneiros que pedia a redução no preço do óleo diesel, houve vários protestos pelo Brasil pedindo a demissão imediata de Pedro Parente.

Na última quarta-feira (30), os petroleiros também entraram em greve pedindo a redução do preço do gás de cozinha e dos combustíveis e a demissão do presidente da estatal. Para a pré-candidata do PCdoB, essa vitória é do povo brasileiro.

Manuela afirmou que agora é preciso mudar esse governo entreguista para a Petrobras voltar a estar à serviço do povo brasileiro.