Manifestações pelo 'Fora Bolsonaro' reúnem milhares em todo o País

Manifestantes realizam carreata e bicicletada pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nas ruas de Porto Alegre (RS).

(Foto: Evandro Leal/ Estadão Conteúdo)

Manifestações pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro voltaram a ocorrer nas ruas de várias cidades do País na manhã deste domingo (31). Como em edições anteriores, os protestos contra a política genocida adotada pelo governo Bolsonaro foram realizados por meio de carreatas, bicicletaços e performances.

Segundo os organizadores, quase 60 cidades em todo o Brasil realizaram mobilizações, sendo 17 capitais. No dia 23 de janeiro, foram realizadas carreatas em 14 capitais e em pelo menos 16 cidades.

Os manifestantes criticaram a atuação do governo no combate à pandemia do novo coronavírus e as falhas envolvendo a disponibilização de vacinas para a população. Com o mote “Fora Bolsonaro”, eles defenderam maior agilidade na vacinação e também a manutenção do auxílio emergencial.

Pelas redes sociais, o deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA) saudou o movimento. “Por todo o país novas manifestações neste domingo pelo impeachment de Bolsonaro. Como já disse, o afastamento de Bolsonaro é questão de saúde e de defesa da instituição Presidência da República”, afirmou.

Segundo a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), o Brasil “não aguenta mais este governo genocida”. “Já ultrapassamos as 224 mil mortes pela Covid, o desemprego atinge 14 milhões de pessoas e com o fim do auxílio emergencial, 12,8% dos brasileiros passaram a viver com menos de R$ 246 ao mês (R$ 8,20 ao dia). Basta de Bolsonaro. IMPEACHMENT JÁ!”, escreveu no Twitter.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) postou em suas redes foto de uma carreata no Rio de Janeiro e comemorou: “CARREATA BOMBANDO!!!”.

Mundo

A pressão popular pelo impeachment, que vem aumentando no Brasil nas últimas semanas, teve ainda um reforço internacional neste domingo. Em pelo menos 20 países houve atos nas ruas e nas redes sociais durante a quarta edição do Stop Bolsonaro Mundial.

 __
PCdoB na Câmara