Magda Rossi, militante histórica do PCdoB, morre vítima da Covid-19

Professora Magda Rossi

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) do Paraná emitiu nota de pesar pela morte da professora Magda Rossi, 69 anos, vítima da Covid-19, na noite de quarta-feira (25). Centenas de amigos e familiares também lamentaram a morte da professora nas redes sociais.

Leia a nota na íntegra:

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) do Paraná manifesta seu pesar pelo falecimento da professora Magda Rossi, vítima da COVID-19, na noite de ontem quarta-feira (25) ao mesmo tempo em que se solidariza com seus familiares e amigos.

Magda Rossi foi professora em seus 69 anos de vida, a maior parte deles dedicado a luta em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade uma causa pela qual acreditava e sempre lutou de forma destemida e aguerrida. Foi dirigente da APP Sindicato, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil e ardorosa militante do único partido em que foi filiada, o Partido Comunista do Brasil. Magda foi junto com Adeloir Rossi (falecido em 1998), seu companheiro de vida, responsável pela organização do PCdoB em Cascavel nos anos 80, após mais um longo período de ilegalidade. Lá, também fundou a União Brasileira de Mulheres, continuando a atuar em Curitiba, no movimento sindical e na luta feminista sempre erguendo alto a bandeira vermelha.

Professora, educadora, humanista, mãe, avó, deixa dois filhos e quatro netos e um legado inestimável a todos e todas que a conheceram.

Magda Rossi, Presente!

Curitiba, 26 de novembro de 2020.

Elton Barz
Presidente do PCdoB-PR

__

(BL)