Lula e Haddad podem fazer muito pelo Brasil, afirma Manuela d'Ávila

Foto: Ana Lícia Menezes

Em agenda pelo Nordeste, a representante do PCdoB na chapa Lula-Haddad, Manuela d’Ávila, destacou a importância de ir para as ruas e conversar com os trabalhadores e trabalhadoras sobre o futuro do Brasil. Em vídeo que foi ao ar nas suas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (23), ela disse que “é assim que vamos conseguir vencer as eleições contra toda a elite brasileira”, frisou.

Para Manuela, os adversários da direita estão desesperados. “Eles deram um golpe com a justificativa que tirariam o Brasil da crise. Mas, o que eles fizeram neste teste de governo? Agudizaram a crise. São milhares de desempregados, aumentou o número de jovens que abandonam a educação de nível superior e a miséria cresce cada vez mais. Todo mundo que vive nas grandes cidades tem visto o número crescente de pessoas vivendo nas ruas e o número de crianças voltando a trabalhar. O que eles fizeram em menos de dois anos foi buscar destruir o Brasil e o povo viu”, explicou.

Na opinião da comunista, a elite brasileira contava com uma “espécie de falta de consciência do nosso povo”. Mas, Manuela afirmou que o povo brasileiro é consciente e isso vem da vida real. “Vem da necessidade de transformar a própria realidade para viver com dignidade. Isso não é tirável com o golpe.  O golpe tira da gente o governo, os ares mais fortes da democracia, mas não consegue tirar do povo a consciência dos anos que vivemos com Lula, as mudanças que Lula construiu no Brasil”.

Manuela destacou que quando o ex-presidente Lula e Fernando Haddad trabalharam juntos pela primeira vez, eles mudaram o lugar mais conservador do Brasil: a universidade. “Basta pensar o que foi Lula e Haddad no primeiro e no segundo governo do Lula para imaginar o que eles podem fazer juntos de novo. Essa universidade que a gente conhece, a universidade pública, ampliada, com mais cursos, vagas e com cotas, e a universidade privada com proUni e estudantes filhos de trabalhadores, é criação da dupla Lula-Haddad”. “Lula e Haddad fizeram, construíram e materializaram esse sonho junto”, evidenciou.

Manuela e Haddad estão em caravana pelo Nordeste do país levando as ideias e propostas da chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula e para discutir junto com a população saídas para a atual crise. Na tarde desta quinta-feira (23), às 16 horas, a comunista participará do encontro de mulheres: candidatas da frente popular e mulheres dos movimentos sociais, em Recife-PE.

Às 18 horas, Manuela participa de uma coletiva de imprensa na sede do PCdoB de Recife, na Avenida Visconde de Suassuna, 956. E posteriormente, às 19 horas, ela participa da inauguração do Comitê de João Paulo (candidato a deputado estadual pelo PCdoB-PE), na Rua dos Palmares, 1306, Santo Amaro.

A presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, deputada federal e candidata a vice-governadora de Pernambuco, acompanhará Manuela d’Ávila nesta quinta-feira (23), nas atividades em Pernambuco. “Seja bem-vinda Manuela! Pernambuco te espera de braços abertos”, escreveu Luciana na página do seu Facebook.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto