Luciana Santos: "Noite histórica! Aprovada às federações partidárias"

Foto: reprodução

“Numa noite histórica, o Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Bolsonaro às Federações Partidárias”, comemorou a presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, presente durante todo o dia nos debates e votações da matéria nesta segunda-feira (27), no Congresso Nacional em Brasília-DF.

A votação no Congresso Nacional aconteceu primeiro em sessão no Senado, por 45 votos pela rejeição ao veto contra 25. Depois, em sessão aberta às 21h30 na Câmara dos Deputados, o veto foi derrubado por 353 votos a 110.

Em declaração, a presidenta do PCdoB falou da possibilidade de homenagear o dirigente nacional Haroldo Lima, falecido em março de 2021, vítima de Covid-19. Segundo ela, para “tornar esse momento ainda mais simbólico, se propõe nomear a lei em homenagem a nosso querido Haroldo Lima, incansável defensor da Democracia”.

Luciana esteve presente e atuante durante todo o processo de tramitação do projeto no Congresso.

Atuação da bancada

Em mensagem, a dirigente ressaltou ainda a atuação da bancada comunista na articulação pela conquista da federação. “O PCdoB se empenhou, com sua Bancada na Câmara dos Deputados, sob a liderança de Renildo Calheiros, em conjunto com um amplo leque de legendas, pela aprovação da Federação de partidos. E atuamos assim porque temos certeza que esse modelo fortalece a democracia e o pluralismo político”, afirmou Luciana.

A presidenta do PCdoB, que participou ativamente das articulações parabenizou ainda os parlamentares que votaram pela aprovação do projeto e pela derrubada do veto. “Parabéns as/aos parlamentares brasileiros por essa importante decisão. Agradeço o debate respeitoso que tivemos com todas as forças políticas nesse período”. E frisou Luciana: “parabenizo em especial essa bancada gigante do PCdoB, pequenina e com o olhar sempre nos Andes”.

Por fim, a dirigente comemorou: “Viva o Brasil! Viva a Democracia! Viva o PCdoB!”