Luciana: política de Bolsonaro é principal responsável pela fome

Foto: Leonardo França/Rede Penssan

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, falou, pelas redes sociais nesta terça-feira (19) sobre a fome e a miséria que atingem grande parte da população brasileira e a responsabilidade de Jair Bolsonaro e seu governo pela grave situação do país.

“Cenas que doem na alma. Quando combatemos com tanto vigor o governo Bolsonaro é porque temos consciência de que sua política desastrosa é a principal responsável pela situação de fome e miséria que assombra nossa gente”, disse Luciana em referência às chocantes cenas de pessoas tendo de recorrer a restos de comida de um caminhão de lixo em Fortaleza para matar a fome.

Imagens como estas têm se tornado cada vez mais comuns diante do aumento da miséria, do desemprego, da falta de assistência e da inflação. “Não podemos naturalizar esses absurdos. É preciso garantir a dignidade de homens e mulheres desse nosso país”, enfatizou Luciana.

Conforme dados do Programa Mundial de Alimentos da ONU, divulgados em agosto, cerca de 85 milhões de pessoas estão com fome ou insegurança alimentar no Brasil, número que corresponde a 41% da população. Já levantamento divulgado em outubro pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), são mais de 19 milhões passando fome, e ultrapassam os 116 milhões a soma de pessoas nesta situação ou que enfrentam insegurança alimentar.

Por Priscila Lobregatte

Com agências