Jovens que completarem 16 anos até 2/10 podem tirar título eleitoral

Foto: TSE

Votar é passo fundamental para o exercício da cidadania e para a transformação do país e a juventude vem sendo estimulada a participar cada vez mais desse momento. O voto é facultativo entre os 16 e 17 anos, porém é importante destacar que os jovens de 15 anos que completarão 16 até o dia 2 de outubro de 2022, data do primeiro turno das eleições, podem tirar a primeira via do título eleitoral. O prazo para obtê-lo vai de janeiro a maio de 2022.

O TSE — que vem promovendo a campanha “Bora Votar”, voltada especialmente aos jovens dessa faixa etária — informa que o título pode ser tirado pela internet. A alternativa foi uma forma de evitar a contaminação pelo coronavírus. Desde o ano passado, é possível emitir o título de forma on line, por meio do sistema TítuloNet, utilizando computador, tablet ou celular.

Uma vez no sistema, é preciso selecionar a opção “não tenho” na guia “Título de eleitor” e preencher todos os campos indicados com dados pessoais, como nome completo, e-mail, número do RG e local de nascimento.

Conforme explica o site do TSE, além dessas informações, é preciso anexar pelo menos quatro fotografias ao requerimento para comprovação da identidade. A primeira delas é uma fotografia (selfie) segurando um documento oficial de identificação. As duas seguintes são da própria documentação utilizada para comprovar a identificação da primeira foto.

Por fim, é necessário juntar um comprovante de residência. Homens com idade entre 18 e 45 anos devem enviar ainda o comprovante de quitação com o serviço militar. As imagens devem estar totalmente legíveis. Caso contrário, a solicitação pode ser negada pela Justiça Eleitoral.

O pedido de emissão do documento também pode ser acompanhado pela internet: basta acessar a guia “Acompanhar Requerimento” e informar o número do protocolo gerado na primeira fase do atendimento.

Para saber mais sobre o título eleitoral, clique aqui

(PL)

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral