Flávio Dino: Maranhão mais forte

Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

A missão de cuidar das pessoas e construir um Maranhão melhor para todos é o DNA da nossa gestão à frente do Governo do Maranhão. Apesar das intempéries e dos momentos desafiadores, aquelas continuam sendo nossas bandeiras porque a necessidade de estruturar um estado mais justo e digno é inadiável. A responsabilidade e a transparência com que temos trilhado até aqui, somadas à coragem e muita boa vontade de nossa equipe, têm nos permitido transformar a realidade de nossa gente, dia após dia, em todas áreas.

Por Flávio Dino*

Destaco a fundamental importância do Plano Maranhão Forte neste contexto. Esse grande programa de investimentos públicos mantém centenas de obras em franco andamento, em todas as regiões do Estado. Obras estas essenciais para geração e manutenção de milhares de empregos, que têm sustentado famílias e garantido alimento na mesa, ao tempo que implica na estruturação de diversos serviços públicos prioritários para a população. Ao todo, ainda este ano, entregaremos obras públicas que representam mais de R$ 1 bilhão investidos.

Cito, por exemplo, a construção da maior rede hospitalar estadual que o Maranhão já teve. Com novas unidades, reformas e estruturações técnicas adequadas, chegamos a 13 Hospitais Macrorregionais e Regionais já entregues, entre eles sublinho o de Balsas, pelo qual a população aguardou por 50 anos e, hoje, faz parte da ampla rede disponível para atendimento ao público em meio à pandemia da Covid-19. Em andamento, temos unidades históricas, como o Hospital da Ilha, que será a maior estrutura hospitalar da rede pública do Maranhão, com oferta de leitos de urgência e emergência, em alto padrão de excelência, fruto de investimento de R$ 170 milhões. Em formato semelhante, teremos ainda o grande Hospital da Região Tocantina, conhecido como Socorrão de Imperatriz, onde estão sendo investidos mais R$ 80 milhões.

Na área educacional, já entregamos centenas de novos prédios escolares, construídos ou reformados, que passam a oferecer oportunidades dignas de educação para nossos estudantes. Somam-se mais de 1.100 obras educacionais já concluídas no Maranhão. Ressalto, com muita satisfação, a rede de ensino em tempo integral que instituímos do zero e, hoje, já conta com cerca de 80 unidades adequadas e modernas, prontas para a retomada das aulas presenciais tão logo seja possível. Entre estas, friso os nossos Institutos Estaduais de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, os IEMAs, que ofertam educação profissional, científica e tecnológica, transformando futuros de adolescentes e jovens maranhenses. Ainda este ano, serão 13 novas unidades plenas entregues, das quais três já estão finalizadas nas cidades de Coroatá, Santa Luzia do Paruá e Amarante do Maranhão.

Espalhamos obras de forma equilibrada por todo o Estado, considerando as injustiças históricas com algumas regiões, especialmente no que tange à infraestrutura viária e urbana. Já construímos mais de 1.300 quilômetros de novas rodovias, a exemplo do Anel da Soja, na região sul do Maranhão, com obras avançando, fruto de mais de R$ 300 milhões investidos em uma estrada de enorme relevância econômica. E ainda a MA 006, com obras em vários trechos. Também recuperamos mais de 2.000 quilômetros de rodovias estaduais e, nos municípios, já ultrapassamos 2.600 quilômetros de novas ruas e avenidas, em franca parceria com as Prefeituras Municipais, a favor de melhor qualidade de vida para nosso povo.

Podemos citar ainda pontes, unidades de segurança pública, praças, parques ambientais, estádios e ginásios esportivos, entre outras diversas obras que seguimos entregando, mesmo em meio à pandemia. Os investimentos públicos não pararam, porque compreendemos que o Estado forte gera desenvolvimento econômico e social, amplia acesso a serviços públicos e, especialmente, gera empregos. A comprovação veio em mais um resultado recém divulgado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, que apontou o Maranhão com a manutenção de saldo positivo de empregos em todo o ano de 2021.

Responsabilidade social e fiscal, planejamento e muita consciência da essencialidade do poder público são os fatores que nos fizeram avançar. Cuidamos da estrutura hospitalar, da oferta de atendimento e da vacinação, mas nos preocupamos também com todo um conjunto de ações que faz o Maranhão mais forte.

 

*Flávio Dino é governador do Maranhão

 

(PL)