Flávio Dino investe R$ 180 milhões em programa de combate à fome no MA

Foto: arquivo

Uma das prioridades do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), tem sido o combate à fome, especialmente durante a pandemia, que agravou a miséria e as desigualdades sociais. Uma das iniciativas mais recentes foi o programa Comida na Mesa.

Com a destinação de R$ 180 milhões, a iniciativa, anunciada na segunda-feira (5), tem o objetivo de  fortalecer as ações de segurança alimentar e nutricional das famílias mais vulneráveis do estado.

“A pandemia piorou a desigualdade social. Isso exige ações imediatas. Não existe responsabilidade fiscal verdadeira sem que haja também responsabilidade social”, destacou Flávio Dino.

Em comentário feito via redes sociais, o governador informou ter autorizado “o fornecimento de jantar nos nossos 55 restaurantes populares ao preço de R$ 1,00. Ação do programa Comida na Mesa, do governo do Maranhão, para apoiar a população em hora tão difícil”.

O governador anunciou ainda, nesta quarta-feira (7), que São Luís terá o jantar a R$ 1,00 a partir das próxima segunda-feira (11). A implantação nas demais regiões ocorrerá nas semanas seguintes. “Serão 15.000 refeições a cada noite. Auxílio às famílias nesse terrível momento”, disse.

O programa Comida na Mesa possibilita a venda de refeição nutricionalmente adequada a preço acessível, por meio dos restaurantes populares, assim como a compra de alimentos da agricultura familiar por meio dos programas de acesso a mercados institucionais.

O governo do Maranhão informa também que serão integrados ao Comida na Mesa o programa social vale-gás — que distribuirá gás de cozinha às famílias do CadÚnico sem outra fonte renda — e as ações de confecção e distribuição de cestas básicas, incluindo as de produtos da agricultura familiar.

 

Por Priscila Lobregatte
Com agências