Flávio Dino cobra financiamento federal para UTIs nos estados

Foto: reprodução/Jornal Nacional

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) falou, ao Jornal Nacional dessa quarta-feira (24), sobre a situação dos leitos de UTI no estado. Ele destacou que que o Maranhão vem bancando sozinho os leitos de UTI para coronavírus,  embora a lei determine que o governo federal também assuma parte das despesas. Essa é uma questão que vem sendo levantada por diversos Estados.

“O conjunto dos estados brasileiros consegue aguentar essa situação por mais dois ou três meses. A partir daí, é rigorosamente impossível com recursos próprios, além de ser algo incompatível com a lei porque, o que está garantido, legalmente, é que o SUS tenha financiamento tripartite, ou seja, que a esfera federal também participe”, disse o governador.

No começo de fevereiro, o governo do Maranhão, por meio da Procuradoria-Geral do Estado, ingressou no STF com ação pedindo que o Governo Federal reative os leitos de UTI para o tratamento dos casos graves de Covid-19.

Além de requerer a reabilitação de todos os leitos de UTI, a ação pedia também auxílio financeiro e técnico para a expansão da rede de atendimentos, caso a pandemia assim exija, bem como a expansão de leitos exclusivos para tratamento de Covid-19 nas unidades hospitalares federais existentes no Maranhão.

Assista o vídeo:

Leia também: Ação do Maranhão no STF pede que governo federal reative leitos de UTI

 

Por Priscila Lobregatte
Com informações do Governo do Maranhão