Em nota, PCdoB se pronuncia sobre desfiliação de Edvaldo Nogueira

O PCdoB confirma a desfiliação do prefeito de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira, em nota assinada pela presidenta nacional da legenda, Luciana Santos. A decisão foi anunciada por Edvaldo à direção do PCdoB em Sergipe, em reunião realizada na noite desta segunda-feira (6).

No documento, o PCdoB “enaltece seus quadros e militantes que com consciência, convicção e compromisso, perseveram – numa época histórica de adversidades – na construção e fortalecimento do Partido” e afirma que “manterá uma relação de respeito recíproco com o prefeito Edvaldo Nogueira, sempre tendo como referência os interesses do povo de Sergipe e do Brasil”.

Edvaldo militou no PCdoB por 39 anos e, em mensagem divulgada pelas redes sociais, agradeceu à legenda.

O PCdoB foi a minha casa e toda a minha história política foi construída nele. Estava lá desde o início, em sua fundação, lutamos muito, defendemos bandeiras importantes para o nosso Estado e para o nosso Brasil”, declarou.

Leia a íntegra da nota do PCdoB:

Sobre a desfiliação do prefeito Edvaldo Nogueira do PCdoB

No dia 6 de janeiro de 2020, o prefeito da cidade de Aracaju, capital do estado de Sergipe, Edvaldo Nogueira, anunciou a desfiliação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). A decisão foi comunicada em nota nas redes sociais, depois de se reunir com a direção do Partido em Sergipe.

Edvaldo Nogueira militou no PCdoB por 39 anos. Foi dirigente do Partido e prefeito pela legenda. Em nota, ele enaltece a sua longa militância e agradece ao PCdoB. E anuncia que deixa as fileiras comunistas, na qual militou por quase quatro décadas, para seguir por outros caminhos e realizar novos projetos.

O PCdoB, por ser uma corrente política e ideológica indispensável para a luta em defesa da democracia e por um projeto de desenvolvimento soberano, como caminho para o Socialismo, está prestes a completar seu centenário.

Na linha de frente da oposição ao governo Bolsonaro, o PCdoB resiste e se fortalece. Recentemente ganhou robustez com a incorporação do Partido Pátria Livre (PPL). Conta com expressivas lideranças, de projeção nacional e regional. E tem se revigorado nos últimos meses com a filiação de um crescente número de lideranças democráticas e populares, tendo em vista as eleições 2020.

O PCdoB enaltece seus quadros e militantes que com consciência, convicção e compromisso, perseveram – numa época histórica de adversidades – na construção e fortalecimento do Partido.

O PCdoB manterá uma relação de respeito recíproco com o prefeito Edvaldo Nogueira, sempre tendo como referência os interesses do povo de Sergipe e do Brasil.

Luciana Santos
Presidenta nacional do PCdoB
Recife, 7 de janeiro de 2020