Corações Livres: PCdoB-CE comemora 96 anos de história e luta

Um dia para celebrar, reunir os amigos e ratificar o sentimento de defesa da liberdade e luta pelos direitos do povo brasileiro. É com o compromisso com as causas populares, alegria e entusiasmo que o PCdoB, partido mais antigo do Brasil, festeja, no domingo, dia 25 de março, 96 anos de fundação.

Para comemorar esta trajetória marcada pela luta e coerência, o comitê estadual do Partido no Ceará realizará a quarta edição da festa popular, já consolidada no calendário de festividades dos comunistas cearenses. A festa “Corações Livres” tem como mote a chamada por um mundo livre de preconceitos, onde caibam os sonhos e as conquistas individuais e coletivas. O encontro reforça ainda seu caráter democrático e amplo, celebrando mais uma vez na praça, junto ao povo, a democracia e a liberdade. A festa será das 9h às 16h, na Praça da Gentilândia (bairro Benfica).

Também no dia 25 de março, o Ceará comemora a declaração da abolição da escravatura, realizada em 1884, quatro anos antes da assinatura da Lei Áurea, o que tornou o Estado a primeira província a decretar, oficialmente, o fim da escravidão no Brasil. Desde 2014 a data tornou-se feriado estadual.

Construída coletivamente, como é a marca de atuação do PCdoB, a festa terá muita música, com a apresentação de artistas locais e convidados; capoeira, barracas com comidas típicas, venda de materiais como camisetas e bótons, além da alegria dos comunistas, militantes, filiados, amigos e dos lutadores do povo que se identificam com as ideias do Partido.

Comemorar e resistir

“Neste ano de 2018, o caráter da festa incorpora o sentimento de luta e resistência de nosso povo contra as medidas nefastas do governo golpista de Michel Temer e, ao mesmo tempo, busca descortinar saídas para que nosso País retome o caminho da democracia, da soberania nacional e do crescimento econômico com distribuição de renda e valorização do trabalho”, ratifica Luis Carlos Paes de Castro, presidente estadual do PCdoB-CE.

O dirigente comunista acrescenta ainda que o encontro festivo e mobilizador também terá um momento de reflexão e luta contra a violência urbana e em defesa da vida e da paz. Ele refere-se ao local da já tradicional festa acontecer no Bairro do Benfica, na Gentilândia, que presenciou recentemente episódio de violência, com a morte de sete pessoas e outros feridos. “Por tudo isso esperamos contar com a presença, não só dos comunistas, mas de todos aqueles que defendem a paz, a democracia, a liberdade e a vida”, convida.

Serviço

Corações Livres – PCdoB 96 anos

Data: domingo (25/03)
Hora: das 9h às 16h
Local: Praça da Gentilândia (Benfica – Fortaleza)

Confirmados

Bloco Sai na Marra
Calé Alencar
Gildomar Marinho e Charles Wellington (Bloco Hospício Cultural)
Lampião Encantado
Caixeiros Viajantes
Mestre Lula e Associação Zumbi Capoeira
Zé Carlos em homenagem a Zé de Manu