Congresso do PCdoB é o primeiro a utilizar celulares para votação

O 14º Congresso do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) é o primeiro congresso partidário do país a aderir totalmente à tecnologia para deliberações nominativas. No evento, que ocorre de 17 a 19 de novembro, os delegados elegerão os membros do Comitê Central (CC) por meio dos próprios telefones, ao acessar uma plataforma para votação.

O programa vai computar dados como: quantidade total de votos e monitorar em tempo real quantos delegados ainda faltam opinar na deliberação. O sistema está configurado para abrir ao apresentar os números do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e senha, e também para funcionar apenas nas dependências do congresso, o que torna a presença física dos delegados imprescindível em momentos do voto.

Com a utilização dessa plataforma, os 121 membros do Comitê Central serão eleitos de forma ainda mais segura e eficiente, pelo mecanismo tornar o processo mais ágil e ainda oferecer um espaço para opinião dos delegados. Outros pontos como monitoramento da presença dos delegados e autenticação do acesso também utilizam um sistema próprio, o que proporciona a divulgação do número total de presentes e ausentes por regiões e estados.

Os sistemas colaboram com as ações para atualização da Comunicação do partido, ponto de busca do PCdoB, como exposto pelo Secretário Nacional de Organização do Partido, Ricardo Alemão Abreu, durante a abertura do seguro dia do Congresso. “Consequências da ideia que o mundo vive um novo período. Com a inovação tecnológica acelerada é preciso acelerar”, disse. “É preciso maior compreensão e maior acesso da nossa campanha na internet”, completou, ao também comentar sobre outros mecanismos utilizados pelo partido, como o relançamento do portal do PCdoB na internet e o lançamento do aplicativo do partido.

De Brasília, Lis Gabriela Cappi.