Walter Sorrentino: O site i21 surge em pleno calor da batalha

A página Internacionalismo 21 ( i21), porta voz da Secretaria de Política e Relações Internacionais do PCdoB, surge como um espaço para divulgação de artigos, matérias e notas dedicadas à geopolítica e às relações internacionais, do ponto de vista dos comunistas e de seus aliados.

O Internacionalismo no Século 21, página oficial da Secretaria de Política e Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), substituindo o sítio Resistência(resistência.cc) que vinha cumprindo este papel nos últimos anos.

Por Walter Sorrentino*

Logo no primeiro artigo do estatuto do PCdoB está consignado que o Partido “no espírito do internacionalismo proletário, apoia a luta anti-imperialista de todos os povos por sua emancipação nacional e social, soberania nacional e pela paz mundial.”

De fato, o internacionalismo é um princípio fundador e basilar da identidade comunista, sendo componente estratégico para a consecução do Programa Socialista do PCdoB, tendo por caminho o Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento.

i21 será o porta-voz destes elevados ideais e surge em um cenário no qual vivemos, em escala planetária, uma ofensiva das ideias conservadoras e, mesmo, neofascistas, tendo como pano de fundo uma persistente crise estrutural e sistêmica do capitalismo. Igualmente, no Brasil, independentemente do resultado do segundo turno da eleição presidencial, é evidente que ideias de cunho fascista e autoritário encontraram eco em parte da população e dos trabalhadores.

O Partido Comunista do Brasil sempre foi um invariável lutador pela democracia e não poderia o i21 fugir desta missão de enfrentar com destemor a onda reacionária, aqui e alhures, prestando e recebendo a solidariedade internacional, sempre travando a luta de ideias em defesa das causas mais nobres da humanidade.

Por isso, nossa manchete de estreia é o Manifesto Contra o Fascismo, onde personalidades do mundo inteiro, de diversas procedências políticas (comunistas, sociais-democratas, liberais, e até mesmo de centro-direita, como é o caso do ex-presidente mexicano, Vicente Fox) advertem o povo brasileiro sobre o perigo que representa a eleição de Jair Bolsonaro.

No dia 22 de julho de 2018, por decisão do Comitê Central, assumi a imensa responsabilidade de estar à frente da Secretária de Política e Relações Internacionais, acumulando estas novas funções com as que já exerço como vice-presidente nacional do PCdoB, seguindo a linha preconizada por nossa atualizada Política de Quadros, onde praticamos a permanência – de linhas partidárias – com a renovação dos quadros, alternando-os regularmente em suas funções dirigentes.

O sítio i21 é também fruto desta nova etapa que se inicia.  Nosso sítio publicará, além dos pronunciamentos oficiais do Partido, notícias, matérias, artigos de opinião e ensaios sobre geopolítica e relações internacionais expressando o ponto de vista dos comunistas, de amigos e aliados, sendo, no entanto, antes de tudo isso, uma trincheira de luta.

*Walter Sorrentino é vice-presidente do PCdoB, secretário de Política e Relações Internacionais do PCdoB. É também presidente do Conselho Curador da Fundação Maurício Grabois e diretor da União Brasileira de Escritores.