SBPC: Carta de Brasília e alerta para ataques à Ciência e à democracia

Foto: Jardel Rodrigues/SBPC

A Carta de Brasília, manifesto da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), lido e aprovado por unanimidade pela Assembleia de Sócios da entidade, no dia 29 de julho, durante a 74ª Reunião Anual, na Universidade de Brasília, recebeu o apoio de mais de 50 sociedades científicas afiliadas à SBPC.

“A SBPC reafirma sua convicção de que a educação é um pilar fundamental para o êxito de políticas públicas orientadas ao combate à enorme desigualdade social em nosso país. A ciência é, cada vez mais, o motor do desenvolvimento econômico soberano e um instrumento fundamental para proporcionar melhores condições de vida e trabalho à população brasileira. Sem ciência, nossa sociedade está condenada ao subdesenvolvimento, à submissão e ao atraso social. Nossa Constituição Federal garante o acesso à educação, à ciência e tecnologia, à saúde, ao meio ambiente e o respeito aos direitos humanos e às liberdades democráticas. Nossos jovens e o conjunto da população brasileira têm direito a uma educação inclusiva e de qualidade”, diz a Carta de Brasília.

O documento alerta para a ameaça sem precedentes à Educação e à Ciência no Brasil e “conclama igualmente todas as entidades e instituições e os diversos setores organizados da sociedade civil a atuarem em conjunto e firmemente em defesa da realização das eleições livres e do respeito aos seus resultados”.

“É fundamental que possamos implementar, a partir de janeiro, políticas públicas que revertam o dramático quadro social, político e econômico no qual estamos imersos”, diz a carta. “Nossos jovens têm que poder sonhar com um Brasil no qual possam viver condignamente e do qual possam se orgulhar. As próximas eleições serão fundamentais para isto”. O documento pode ser acessado neste link.

Desde que foi publicado, sociedades científicas de todas as áreas do conhecimento e de todas as regiões do país, manifestaram apoio aos termos do documento e solicitaram a inclusão de seus nomes entre os signatários, segundo informou o Jornal da Ciência. Veja abaixo a lista das entidades que endossam a Carta de Brasília:

Associação Brasileira de Ciência Ecológica e Conservação (ABECO)

Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP)

Associação Brasileira de Ciências Farmacêuticas (ABCF)

Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil)

Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge)

Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn)

Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio)

Associação Brasileira de Estudos de Defesa (ABED)

Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP)

Associação Brasileira de Limnologia (ABL)

Associação Brasileira de Linguística (ABL)

Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (Abrapec)

Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (Abrapee)

Associação Brasileira dos Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias (Esocite Br)

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música (Anppom)

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (Anpepp)

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo (Anptur)

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD)

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED)

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia (Anpege)

Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (Anpoll)

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR)

Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF)

Federação Brasileira de Associações Científicas e Acadêmicas da Comunicação (SOCICOM)

Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE)

Sociedade Astronômica Brasileira (SAB)

Sociedade Botânica do Brasil (SBB)

Sociedade Brasileira de Administração Pública (SBAP)

Sociedade Brasileira de Biofísica (SBBf)

Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular – SBBq

Sociedade Brasileira de Ecotoxicologia (Ecotox Brasil)

Sociedade Brasileira de Eletromagnetismo (SBMAG)

Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica (SBEB)

Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC)

Sociedade Brasileira de Farmacognosia (SBFgnosia)

Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE)

Sociedade Brasileira de Física (SBF)

Sociedade Brasileira de Genética (SBG)

Sociedade Brasileira de Geologia (SBG-Geologia)

Sociedade Brasileira de Geoquímica (SBGq)

Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC)

Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE)

Sociedade Brasileira de Matemática (SBM)

Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC)

Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT)

Sociedade Brasileira de Ornitologia (SBO)

Sociedade Brasileira de Ótica e Fotônica (SBFoton)

Sociedade Brasileira de Paleontologia (SBP)

Sociedade Brasileira de Protozoologia (SBPZ)

Sociedade Brasileira de Química (SBQ)

Sociedade Brasileira de Telecomunicações (SBrT)

Sociedade Brasileira de Virologia (SBV)

Sociedade Brasileira de Zoologia (SBZ)

União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (Ulepicc-Brasil)