Reprovação à forma de Bolsonaro governar chega a 49%, indica CNI/Ibope

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira (16) pela Confederação Nacional da Indústria mostra queda de 40% para 35% no percentual dos que avaliam o governo de Jair Bolsonaro como “ótimo” ou “bom” entre setembro e dezembro deste ano. Por outro lado, o percentual de pessoas que consideram o governo “ruim” ou “péssimo” passou de 29% para 33% no mesmo período.

O percentual dos que aprovam a maneira de governar do presidente também caiu, enquanto cresceu o volume dos que reprovam Bolsonaro. Em setembro, 50% dos participantes da pesquisa aprovavam a forma de governar do presidente da República, enquanto em dezembro o número caiu quatro pontos percentuais, para 46%. Já a reprovação aumentou de 45% para 49%.

O percentual de brasileiros que confiam no presidente caiu de 46% para 44%. Já o percentual dos que não confiam aumentou de 51% para 53%. A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre 5 e 8 de dezembro.