Renildo Calheiros: nome de Manuel Mattos no livro dos Heróis da Pátria

O deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE) defendeu a aprovação do relatório na Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados que debatia a inscrição do nome de Manuel Mattos no Livro dos Heróis da Pátria e destacou a importância do advogado na luta dos trabalhadores rurais e contra os crimes dos grupos de extermínio que atuam no Nordeste.

O Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, regulamentado pela Lei 11.597, de 2007, destina-se ao “registro perpétuo do nome dos brasileiros e brasileiras ou de grupos de brasileiros que tenham oferecido a vida à Pátria, para sua defesa e construção, com excepcional dedicação e heroísmo”.

Reunida na última quarta-feira (18), a comissão aprovou o nome de Manoel Mattos, advogado popular, assassinado em 24 de janeiro de 2009, aos 40 anos, devido à atuação contra grupos de extermínio dos estados de Pernambuco e Paraíba e grande defensor dos Direitos Humanos. 

Confira o pronunciamento do deputado pernambucano: