PCdoB São Paulo indica Andrea Barcelos a vice de Orlando Silva

Foto: Jennifer Glass

A bancária, enfermeira do SUS (Sistema Único de Saúde) e sindicalista Andrea Barcelos será a candidata do PCdoB a vice-prefeita de São Paulo. Aos 46 anos, ela vai compor a chapa encabeçada pelo deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), que concorrerá a prefeito. A indicação de Andrea a vice foi deliberada na noite desta terça-feira (15), em reunião da Comissão Política Municipal do PCdoB São Paulo.

“É com imensa satisfação que aceito o convite do meu partido para compor a chapa e disputar a prefeitura da maior cidade da América Latina, ao lado do grande deputado e líder Orlando Silva. São Paulo poderá eleger um prefeito negro baiano da periferia e um uma mulher PcD (pessoa com deficiência), da saúde pública e da luta sindical”, afirma Andrea.

Na opinião de Orlando, a indicação de Andrea traz mais “representatividade, força e inspiração” à chapa do PCdoB à Prefeitura de São Paulo. “Estou muito feliz por saber que faremos essa caminhada ao lado da querida camarada Andrea Barcelos. Ao longo da sua vida, a Andrea mostrou capacidade de luta e disposição para enfrentar adversidades e foi, pouco a pouco, ocupando seu espaço na vida da cidade.”

O PCdoB também lançará, na eleição municipal, uma chapa completa de vereadores, com 83 candidatos, conforme homologado na Convenção Eleitoral de 5 de setembro. Como Andrea era, até hoje, pré-candidata a vereadora, seu nome será substituído na chapa que disputará a Câmara Municipal.

“Nossa pré-candidatura à vereança já havia construído uma plataforma para a cidade, em conjunto com vários segmentos, como a luta dos trabalhadores, das mulheres e das pessoas com deficiência, além do SUS”, diz Andrea. “Enfatizamos a defesa da saúde pública, de qualidade e para todos, ainda mais em tempos de pandemia. Com um desafio ainda maior – de fazer parte da chapa do PCdoB à Prefeitura –, daremos mais visibilidade a esses compromissos.”

Nascida em 1974, na cidade mineira de Alvinópolis, Andrea Patrícia Barcelos de Souza veio para São Paulo aos 11 anos, em 1985. Formada em Jornalismo (1997) e Enfermagem (2006), é bancária desde 1993.

Em 2006, foi eleita, pela primeira vez, para o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, sendo representante sindical da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de São Paulo (Fetec-SP). Em 2013, virou dirigente da CTB-SP (a seção paulista da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil).

Sua atuação como servidora do SUS começou em 2014, como enfermeira no Hospital Waldomiro de Paula (Planalto), em Itaquera. Dois anos depois, foi transferida para outro hospital municipal – o Dr. Ignácio Proença de Gouvêa (João 23), na Mooca –, onde atuou na linha de frente do combate à Covid-19.

No PCdoB – ao qual se filiou em 1993 –, Andrea milita na base dos bancários. Desde 2017, é membro da direção municipal do Partido. “Andrea Barcelos é um quadro político – uma mulher preparada para liderar, com Orlando, a retomada do crescimento econômico, do emprego e o combate às desigualdades na cidade. A candidatura Orlando Silva e Andrea Barcelos está à altura deste grande desafio”, afirma Wander Geraldo, presidente do PCdoB São Paulo.

Andrea é também uma referência na luta das pessoas com deficiência. Ela própria tem a Doença de Charcot-Marie-Tooth, uma rara enfermidade genética que provoca atrofia fibular muscular. “Por conhecer essa causa como poucos, Andrea representará uma parcela importante da sociedade que não tem voz – as pessoas com deficiência”, lembra Wander.

“Ela será a conexão da nossa campanha com a luta dos trabalhadores, das mulheres, das pessoas com deficiência e da saúde pública”, diz Orlando Silva. “A Andrea é uma inspiração na luta e vai somar muito no esforço de construirmos um projeto popular para a cidade de São Paulo.”