PCdoB realiza Encontro Nacional de Cultura em fevereiro na Bahia

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), realiza entre os dias 8 e 9 de fevereiro de 2019, em Salvador, na Bahia, o encontro nacional de Cultura do Partido. O evento será aberto e ocorrerá paralelamente a Bienal da UNE que ocorrerá no Campus Ondina, na Universidade Federal da Bahia entre os dias 6 a 10 do mesmo mês.

Estão sendo convocados dirigentes partidários, militantes, artistas, gestores culturais e de ativistas do movimento social para juntos debaterem o papel da militância diante do recrudescimento do autoritarismo no Brasil e desmanche das políticas públicas na área. O objetivo é encontrar saídas e fortalecer a frente cultural.

Segundo o documento de convocação, “a frente cultural tem destacada importância na luta por valores democráticos, revolucionários e transformadores, em espacial em um momento de ataque às conquistas sociais, ainda fragilmente consolidadas. A luta cultural, assim como é expressão dos direitos individuais, tem um caráter coletivo, articulado com a necessária afirmação nacional e anti-imperialista”.

A convocação foi assinada pela presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, pelo secretário nacional de Cultura, Javier Alfaya e da secretária nacional de movimentos sociais, Liège Rocha.

Mais informações e inscrições podem ser solicitadas pelo e-mail [email protected].

Segue abaixo:

A Secretaria Nacional de Cultura convida para o Encontro Nacional de Cultura do PCdoB, que acontecerá nos dias 08 e 09 de fevereiro de 2019, em Salvador (BA), paralelamente à programação da XI Bienal da UNE que acontece de 06 a 10/02/19, no Campus Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Esta convocação é aberta, para dirigentes partidários, militantes, artistas, gestores/as públicos de cultura, professores/as, jornalistas, publicitários/as, dirigentes de movimentos sociais, filiados/as, simpatizantes e amigos/as do PCdoB.

A programação abordará temas como a situação política nacional e o papel da militância cultural diante do recrudescimento do autoritarismo, e do desmonte das políticas públicas no plano federal, e alguns estados brasileiros. Será uma oportunidade de reunirmos os quadros partidários que atuam nas mais diversas esferas vinculadas ao vasto e diverso universo cultural brasileiro, e deliberar sobre os planos a seguir, e assim, avançar qualitativamente em nossa atuação na frente cultural.

A atividade do PCdoB tem crescido nos espaços institucionais, destacadamente em instâncias estaduais, e em algumas cidades importantes. Somos responsáveis pela direção de importantes movimentos e entidades no âmbito sindical, estudantil, comunitário, e nas lutas antirracista e feminista. Essa representatividade e força nos coloca o desafio de termos uma atuação efetiva, progressista e criativa nessas frentes de atuação, uma vez que a esfera cultural é um campo de disputa acirrada. Há muito o que sistematizar, e programar para podermos atuar com regularidade e brilhantismo, e qualificarmos nossa atuação.

A frente cultural tem destacada importância na luta por valores democráticos, revolucionários e transformadores, em espacial em um momento de ataque às conquistas sociais, ainda fragilmente consolidadas. A luta cultural, assim como é expressão dos direitos individuais, tem um caráter coletivo, articulado com a necessária afirmação nacional e anti-imperialista.

A data e local escolhidos para a realização do Congresso, permitirá às/aos participantes o aproveitamento dos turnos livres para acompanhar a programação artística e cultural da Bienal da UNE, com uma agenda de mostras das mais diversas linguagens artísticas, debates, oficinas, feira de economia solidária, visitas à organizações culturais comunitárias e grande culturata ao final. As informações sofre o evento estão em: www.une.org.br .

A participação no encontro é militante. Solicitamos a todas e todos que se empenhem em viabilizar a viagem. Sabemos das dificuldades enfrentadas, mas reforçamos a importância de avançarmos em nossas perspectivas de articulação e organização partidária na área da cultura, a partir de 2019.

Oportunamente, enviaremos às/ aos interessados/as, informações e opções de alojamento, hospedagem e alimentação, com diferentes faixas de preço.

Segue a proposta inicial de programação, sujeita a confirmações e ajustes. Solicitamos que as confirmações sejam enviadas para o e-mail [email protected]

O PCdoB espera contar com significativa presença de comitês estaduais e outras estruturas dirigentes e militantes. Esperamos vocês na Bahia!

Atenciosamente,

Luciana Santos

Presidenta Nacional do PCdoB

Javier Alfaya

Secretário Nacional de Cultura do PCdoB

Liege Rocha

Secretaria de Movimentos Sociais