PCdoB lança número inédito de candidaturas nas capitais do país

O período de realização das convenções eleitorais se encerrou nesta quarta-feira (16) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) colhe um feito inédito: pela primeira vez a legenda comunista lança o maior número de candidatos e candidatas à prefeitura das principais cidades do país. São 12 candidaturas, podendo chegar a 13, além das candidaturas a vice.

Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), São Luís (MA),  São Paulo (SP), Salvador (BA), Vitória (ES).

Foram convenções entusiasmadas, organizadas, com chapas completas e diversificadas, comemorou Nádia Campeão, secretária Institucional do PCdoB e integrante do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE).

Destaque para Porto Alegre, com a Manuela d’Ávila e Miguel Rosseto (PT) como vice, chapa que lidera as pesquisas para Prefeitura, mas também podemos destacar a convenção do Rio de Janeiro que fechou nesta quarta-feira (16) uma aliança com a Benedita da Silva (PT), tendo a nossa deputada Enfermeira Rejane como vice.

Enfermeira Rejane, vice do PCdoB no Rio.

A convenção do Rio de Janeiro ocorreu de forma remota, nesta quarta-feira (16), mas o ato político foi bastante prestigiado e com muita unidade. Na convenção, a deputada Enfermeira Rejane foi confirmada como representante do PCdoB na chapa que tem à frente a deputada federal, Benedita da Silva (PT). Recente pesquisa feita aos eleitores do Rio aponta a ex-governadora Benedita da Silva em segundo lugar na preferência dos cariocas para assumir à prefeitura.

Com 14 candidatos na disputa pela prefeitura da capital do Rio Grande do Sul, a ex-deputada Manuela d’Ávila lidera as pesquisas de opinião, Manu, como é conhecida, está na frente com 17% das intenções de voto.

Em uma convenção moderna e inovadora, o ato de Porto Alegre ocorreu no último sábado (12), contou com a participação e demonstração de apoio de diversas personalidades artísticas, políticas e sociais, com a presença da Manuela e Rosseto em estúdio conversando ao vivo com personalidades.

Destaque ainda para o PCdoB da cidade de São Paulo que realizou sua convenção no dia 5 de setembro e lançou o deputado federal Orlando Silva como candidato. Pela primeira vez, o PCdoB lança um nome para a disputa majoritária na capital paulista. O nome da vice foi escolhido em reunião realizada nesta terça-feira (15), Andrea Barcelos do PCdoB completa a chapa.

Andrea Barcelos a vice de Orlando Silva na disputa pela prefeitura da capital Paulista

Em Belo Horizonte, capital mineira, a convenção eleitoral do PCdoB realizada nesta quarta-feira (16) homologou a candidatura de Wadson Ribeiro à prefeitura, tendo como vice Kátia Vergílio, ambos do PCdoB. Na chapa proporcional, o PCdoB de BH apresenta 50 nomes como candidatos à vaga na Câmara Municipal, entre os nomes que integram a lista estão, a ex-deputada federal Jô Moraes, o vereador Gilson Reis e a cientista política Mara Teles.

Grandes convenções

Ênfase para as convenções de Salvador (BA) e São Luís (MA) que, segundo Nádia, dentro do esperado, no campo progressista o PCdoB obteve “muito sucesso em nossa busca por alianças”. Neste sentido, a dirigente destacou as convenções “vitoriosas” de São Luís, com Rubens Jr e Honorato Fernandes (PT) e de Salvador, com Olívia Santana e Joca Soares do PP.

A convenção eleitoral de Salvador foi realizada no sábado (12), contou com a presença do governador da Bahia, Rui Costa (PT), do vice-governador João Leão (PP), do senador Jaques Wagner (PT) e de deputados federais baianos. Em uma convenção emocionante, a deputada estadual Olívia Santana foi homologada candidata com Joca (PP), na vice.

São Luís também contou com uma calorosa convenção que oficializou a candidatura do deputado federal (licenciado), Rubens Pereira Jr, tendo como vice, o vereador Honorato Fernandes (PT). O evento ocorreu no domingo (13) e contou com a participação da militância comunista.

A coligação do PCdoB em São Luís conta com o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Progressistas (PP), o Cidadania, o Democracia Cristã (DC) e o Partido da Mulher Brasileira (PMB).

Chapa “puro sangue”

Além de BH e São Paulo, o PCdoB lança ainda candidaturas “puro sangue” para a disputa majoritária em outras capitais do país, como Curitiba (PR), com Camila Lanes e Dr. Zequinha, Maceió (AL), com Cícero Filho e Maria Yvone, Fortaleza (CE) com Professor Anízio e Helena Serra Azul, Manaus (AM) com Marcelo Amil e Dora Brasil e Natal (RN) com a candidatura de Fernando Freitas e Joana Lopes. Já Porto Velho (RO), oficializou a candidatura de Samuel Costa, e em Vitória (ES), foi homologado na convenção o nome de Namy Chequer. Nos dois últimos não foram definidos ainda a candidatura a vice.

Alianças

O PCdoB sai fortalecido do processo de buscas por alianças, computa Nádia, foi fechado apoio com o PT em quatro capitais, com o Psol em três oportunidades, com o MDB em dois locais, com o PDT, PSB, PSD, PP e Solidariedade em outras capitais.

Apesar de não encabeçar chapa, em algumas cidades, o PCdoB integra uma ampla frente progressista, destaque para as capitais Florianópolis (SC) e Belém (PA), “com frentes muito expressivas”, ressaltou a dirigente.

A Frente Democrática por Florianópolis reúne o maior quantitativo de partidos de esquerda e do campo democrático e popular do país, entre eles, PCdoB, Psol, PT, PDT, PSB, Rede, UP, UCB, PCLCP. O PCdoB de Florianópolis se destaca ainda por ter fechado uma chapa com 29 nomes na disputa proporcional, 14 candidaturas femininas e 15 homens.

Em Belém do Pará, o PCdoB confirmou apoio a uma frente que tem PT, Psol, PDT e Rede. A chapa que disputa a prefeitura tem Edmilson Rodrigues (Psol) como candidato e Edilson Moura (PT) como vice. Nas pesquisas, Edmilson tem a preferência do eleitorado da capital do Pará. Está em primeiro lugar nas intenções de voto.

Vices

Além da vice candidatura no Rio de Janeiro, o PCdoB aprovou em convenção o nome de Lorena Quintas em Macapá (AP) que tem Paulo Lemos (Psol), encabeçando chapa. Em Boa Vista, capital de Roraima, Dr Wesley Thomé do PCdoB é vice do Linobergue Almeida, da Rede, . Em João Pessoa (PB), Percival Henriques, representa o PCdoB na chapa do Anísio Maia do PT. Esta última chapa não está completamente confirmada.

Candidaturas fortes

“Além das chapas completas de candidatos a vereador e vereadora, fechamos algumas candidaturas fortes em Olinda e Campina Grande, que valem a pena destacar, disse Nádia Campeão.

O deputado estadual de Pernambuco, João Paulo foi consagrado representante do PCdoB na disputa em Olinda. A convenção foi realizada nesta quarta-feira (16) e o ex-prefeito de Recife recebe o apoio do PSB, PT, PP, MDB e PV. O candidato a vice será definido posteriormente.

Em Campina Grande, a convenção oficializou Inácio Falcão à Prefeitura da cidade, com a candidata a vice-prefeita Tatiana Medeiros (MDB). Inácio não participou da convenção porque testou positivo para a Covid-19. O ato foi na sede com transmissão ao vivo.

A deputada federal, Professora Marcivânia foi oficializada candidata na convenção da cidade de Santana (AP). O ato apresentou o nome do Major Nabor (PDT) como seu vice.

 

As convenções do PCdoB nas capitais e demais cidades do país foram noticiadas na página eleitoral do PCdoB. Acompanhe em eleicoes.pcdob.org.br.

Esforços continuam

Segundo as normas aprovadas nas convenções municipais, a direção continuará com a tarefa de fechar uma ou até duas chapas majoritárias, dependendo assim das conversações com outros partidos.

Com isso, até o dia 26 de setembro, último prazo para inscrição das chapas na Justiça Eleitoral, possivelmente o número de candidaturas nas capitais pode ficar entre 11 e 13 candidatos do PCdoB.

 

Do Portal PCdoB

Matéria atualizada às 23h31 para acréscimo de informações