Parlamentares do PCdoB analisam queda na aprovação de Bolsonaro

Foro: Joana Berwanger/Sul21

Os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB-RJ), vice-líder da Minoria na Câmara, e Daniel Almeida (PCdoB-BA), comentaram na manhã desta segunda-feira (29), os dados da pesquisa Atlas, realizada pela AtlasIntel, que mostram o alto índice de rejeição ao presidente Jair Bolsonaro.

O levantamento, divulgado pelo jornal O Globo, aponta que a aprovação do presidente Jair Bolsonaro alcançou seu índice mais baixo desde o início de seu governo: 29,3% dos brasileiros aprovam seu desempenho na presidência, enquanto 65,3% o rejeitam.

A pesquisa também aponta que para 59,7% da população a gestão de Bolsonaro é ruim ou péssima, enquanto 19% a classificam como ótima ou boa.

A queda reflete a crise econômica que atinge o país: 59% dos entrevistados apontaram questões como desemprego, inflação, desigualdade social e pobreza como alguns dos principais problemas do Brasil.

Para Jandira Feghali, no entanto, apesar da queda, o número ainda é elevado “para um presidente incompetente, genocida, e afundado em denúncias de corrupção”.

O deputado Daniel Almeida apontou que esta é “a popularidade de presidente que só aumentou o desemprego, a fome e miséria do povo”.

A pesquisa, feita pela internet entre os dias 23 e 26 de novembro a partir de convites randomizados, foi realizada com 4.921 eleitores. A margem de erro é de um ponto percentual, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.

 

Da redação

 

(PL)