Nota PCdoB Acre

Nota

O PCdoB do Acre, em nome dos seus princípios humanistas, solidários e de amor à vida, e em respeito à sociedade, repudia as tentativas de associar seus militantes ao ato bárbaro que tolheu a vida de uma inocente e indefesa criança em Brasília.

As envolvidas no crime, Kacyla Priscyla Santiago Damasceno e Rosana Aurí da Silva Candido, embora filiadas, há muito não tinham nenhum vínculo com a nossa militância.

Diante do ocorrido, elas foram afastadas do Partido Comunista do Brasil por decisão do pleno do Comitê Municipal de Rio Branco.

O Partido se solidariza com a dor da família e considera que o uso desse trágico episódio para fins políticos é mais um crime contra a vítima e seus familiares.

Rio Branco, 17 de junho de 2019.
Comitê Municipal de Rio Branco