Marcelino Granja comenta Crise econômica, Bolsonaro e Greve Geral

Foto: Fundarpe

Na quinta edição da Semana Política, Marcelino Granja, presidente estadual do PCdoB-PE, comenta o ataque do ministro aos mais pobres, bem como as novas medidas do governo Bolsonaro. Faz também um chamamento para a Greve Geral do dia 14 de junho (sexta-feira) e destaca a trajetória quase centenária do PCdoB em defesa da democracia e dos interesses do Brasil e do povo brasileiro.

A crise da economia brasileira se profunda cada vez mais. Os números mais recentes apontam nova queda do PIB e da produção industrial, além de 13,2 milhões de desempregados em nosso país. Enquanto isso, o ministro Paulo Guedes quer economizar R$ 1 trilhão para, supostamente, equilibrar as contas públicas. Guedes não diz, entretanto, que desse total cerca de R$ 800 milhões sairão dos bolsos de quem ganha até cinco salários mínimos, o que é inaceitável.
“O presidente Jair Bolsonaro, que tinha incentivado a violência através de sua política de armar o povo, agora, irresponsavelmente, quer afrouxar as regras de trânsito”, critica Marcelino.

“O ministro da Economia, Paulo Guedes, diz, mentirosamente, que devemos esperar dez anos para economizarmos R$ 1 trilhão à custa do povo porque R$ 800 milhões serão retirados de quem ganha até cinco salários mínimos. Isso vai prejudicar a economia popular e não reaquecer a economia”, explica Marcelino Granja. O presidente do PCdoB-PE avalia ainda a nova medida do governo Bolsonaro que altera regras do Código de Trânsito Brasileiro em prejuízo da segurança da população.

“O presidente Jair Bolsonaro, que tinha incentivado a violência através de sua política de armar o povo, agora, irresponsavelmente, quer afrouxar as regras de trânsito”, critica o dirigente na quinta edição da Semana Política. Marcelino faz ainda uma convocação a todos para que participem ativamente da Greve Geral marcada para a próxima sexta-feira em todo o país. “Vamos parar o Brasil por um dia, um dia que vai valer por muitos. Porque parando o Brasil contra esse desgoverno nós vamos impedir que o país pare de vez”.

Assistam ao vídeo e continuem compartilhando com seus contatos.

#ContraReformaDaPrevidência #Greve14J

Do Recife, Audicéa Rodrigues