Luciana Santos defende frente ampla e feminismo popular para novo país

Foto: reprodução

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, falou, em vídeo veiculado em suas redes sociais nesta segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher, sobre a importância do feminismo popular, da luta emancipacionista e da resistência a Bolsonaro para a construção de outro caminho para o Brasil.

“Em tempos como este, em que estamos vivendo uma ameaça à democracia, retrocesso nos direitos — em particular nos direitos das mulheres — é muito importante que a gente entenda a necessidade de uma frente ampla para fazer a resistência e, ao mesmo tempo, garantir uma nova perspectiva e alternativa para o futuro”, declarou Luciana.

É por isso, afirmou, “que o feminismo popular, a luta emancipacionista é, também, uma necessidade histórica porque se confunde com a luta democrática”. Por fim, a dirigente falou sobre a catastrófica condução, pelo governo Bolsonaro, do combate à pandemia de Covid-19, que já matou cerca de 260 mil pessoas, e salientou: “Nós vamos resistir e derrotar Bolsonaro nas eleições e para isso, precisamos desse espírito de luta próprio das mulheres”.

 

Confira a íntegra do vídeo publicado no Instagram AQUI

Por Priscila Lobregatte