Luciana Santos pede investigação sobre uso de caixa 2 de Bolsonaro

Foto: Richard Silva/ PCdoB na Câmara

A presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, afirmou que a legenda junto com outros partidos da Frente pela Democracia (PT, PSB, PCB, Pros e Psol) solicitou uma audiência com a ministra Rosa Weber para pedir a abertura de investigação sobre o uso de caixa 2 pelo candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), para financiar a disseminação de fake news pelo WhatsApp.

A reportagem no jornal Folha de S.Paulo desta quinta-feira (18), mostrou que Bolsonaro recebe financiamento ilegal e milionário de grandes empresas para disseminar fake news massivamente pelo WhatsApp. Para Luciana, é preciso punir devidamente esse crime eleitoral.

“Precisamos denunciar esse crime. Fazer com que cada cidadão brasileiro vítima do golpe da fake news seja conscientizado e tenha a oportunidade de saber que está sendo usado, da forma mais vil, para prejudicar nosso país e tudo que construímos até hoje em termos de democracia e de direitos para nossa gente”.

Luciana alertou que essa é uma prática ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresa e é vedado pela legislação eleitoral. “Aqui pode se esconder um segundo crime, também grave, que é o uso ilegal de banco de dados. Muitas pessoas receberam mensagens absurdas da campanha de Jair Bolsonaro sem nunca ter cedido seus contatos para nenhuma campanha. Como esses dados foram capturados?”, questionou Luciana.

De acordo com a Folha de S.Paulo, as empresas que apoiam Bolsonaro compram um serviço chamado “disparo em massa”, utilizando a base de usuários do próprio candidato ou bases vendidas por agências de estratégia digital.

“Esse candidato que se diz honesto, mais uma vez está revelando que é uma farsa. Usando de meios ilegais para chegar até as pessoas com mensagens caluniosas, que despolitizam a disputa eleitoral e induzem o povo brasileiro ao ódio e à ignorância. Pelo apurado pela Folha de S. Paulo pelo menos 12 milhões foram investidos nesse crime. O que está por trás disso?! Quem investe tanto dinheiro para confundir as pessoas e mascarar a falta de projetos e de propostas de uma candidatura?”

“Nós vamos, mais que nunca, fazer o bom combate nas redes e nas ruas; debater ideias e propostas para o Brasil e refutar toda e qualquer mentira e armação que os inimigos da Nação tentem lançar contra nós”, afirmou Luciana Santos.