Luciana: aposentadoria por cuidado materno é reparação histórica

Foto: Diego Galba

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, se manifestou nesta quinta-feira (22), por meio de suas redes sociais, a respeito do anúncio, feito pelo governo da Argentina, de que o país passará a garantir aposentadoria às mulheres que dedicaram a vida aos cuidados maternos.

“A Argentina deu um passo enorme essa semana, ao reconhecer o cuidado materno como trabalho, que contará tempo para a aposentadoria. Porque criar uma criança é, sim, um trabalho, que historicamente tem ficado sob responsabilidade principal das mulheres. Trata-se, portanto, de uma reparação histórica”, declarou Luciana.

De acordo com a Administração Nacional de Segurança Social (Anses) da Argentina, o benefício vai abarcar, inicialmente, 155 mil mulheres com mais de 60 anos que não conseguiram completar os 30 anos de contribuição por se dedicarem aos filhos.

“É uma bela política que temos desenvolvido para as mulheres argentinas que dedicam parte de seu tempo ao cuidado de seus filhos e que tem a ver com reparar a desigualdade. Mulheres e homens não têm as mesmas oportunidades. Além disso, esta medida destaca que, de fato, as mulheres trabalham mais e reconhecem o valor do cuidado para o direito de acesso à aposentadoria”, explicou Fernanda Raverta, diretora-executiva do Anses, ao anunciar o Programa Integral de Reconhecimento de Tempo de Serviços por Tarefas Assistenciais.

Por aqui, comentou Luciana Santos, “o trabalho de cuidado exercido pelas mulheres segue invisibilizado. Que nossos vizinhos nos sirvam de exemplo”.

 

Por Priscila Lobregatte

Com agências