Lênin: aniversário de morte completa 97 anos

Lênin durante a Revolução Russa de 1917

(reprodução)

Neste 21 de janeiro de 2021, completa-se 97 anos da morte de Vladimir Ilitchi Lênin, fundador e dirigente do Partido Comunista da União Soviética, criador do estado socialista soviético, guia e mestre de gerações de trabalhadores e trabalhadoras, admirável pensador e grande figura da ciência revolucionária. Sua morte, devido a uma hemorragia generalizada, provocou grande comoção popular. O funeral de Lênin foi assistido por 1 milhão de pessoas debaixo de um rigoroso inverno na Rússia.

O primeiro dos herdeiros de Marx, Lênin foi o grande arquiteto e construtor da revolução que deu origem à primeira experiência socialista da Humanidade no início do Século XX, gerando impactos que reverberam até os dias de hoje. Além da estruturação de um sistema mundial alternativo ao capitalismo, o estado soviético deu contribuições marcantes para a civilização humana, entre as quais podemos destacar a expansão e a defesa dos direitos sociais, incluindo os direitos das mulheres e das minorias sociais e nacionais.

Teórico político e homem de ação, Lenin foi o primeiro dos herdeiros de Marx a conduzir uma revolução até a vitória

Herdeiro do legado teórico e político deste gênio da práxis revolucionária, o PCdoB continua a seguir seu exemplo e desenvolver a teoria marxista de maneira aberta, criativa e não-dogmática, para compreender as transformações do mundo no último século e desvendar os caminhos para sustentar um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento do Brasil e a construção de um socialismo com a cara da gente brasileira.

Leia também:

Lênin, o gênio da práxis revolucionária

Sociedade dos Amigos de Lênin (SAL)

__