Jornalistas da Record rejeitam Augusto Nunes e ameaçam se demitir

Augusto Nunes

(reprodução)

Os jornalistas da Record reprovaram a inesperada promoção de Augusto Nunes para diretor de Redação do portal R7.com, anunciada na quinta-feira (7) pela direção da emissora.

A promoção pegou os jornalistas do site de notícias da Record de surpresa e deixaram muitos decepcionados e em clima de desespero. O clima de insatisfação é geral, diz a coluna.

Parte deles planeja se demitir e já procura emprego em outros veículos de notícias, segundo a coluna Notícias da TV do UOL.

Segundo a coluna, profissionais de diferentes níveis do R7, desde repórteres a editores, reagiram com espanto à promoção de Nunes.

Os jornalistas ouvidos – que pediram anonimato-, reprovaram a efetivação do novo diretor, que assumirá o posto no próximo dia 18.

Eles fizeram várias críticas a Augusto Nunes. A principal é que ele é uma pessoa difícil de lidar. E muitos jornalistas acham que a linha editorial do portal irá sofrer  interferências, já que ele é um ferrenho apoiador de Bolsonaro.

Além de diretor de Redação do portal, Nunes continuará com a sua coluna diária no R7.com e como comentarista do Jornal da Record. Além disso, seguirá no time de apresentadores da rádio Jovem Pan, na qual comanda o programa Direto ao Ponto.

Em 7 de novembro do ano passado, Augusto Nunes agrediu com um soco o jornalista Gleen Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, durante entrevista no programa Pânico, da rádio Jovem Pan. Greenwald revidou a agressão.