Inimigo das vacinas, candidato republicano do Texas pega Covid-19

Candidato ao governo do Texas, Allen West, se contagiou com o coronavírus

(AP/ Eric Gay)

O ex-presidente do Partido Republicano no Texas e pré-candidato ao governo do estado, Allen West, que negou a se vacinar contra a Covid-19, está hospitalizado com pneumonia e complicações relacionadas à pandemia. Mais do que negar a existência da doença, West, de 60 anos, disse que uma vez eleito “esmagaria com força a qualquer um que imponha mandatos de vacinas” para proteger suas comunidades do vírus. Os Estados Unidos é o país do mundo com mais vítimas fatais do coronavírus, ultrapassando as 714 mil mortes nesta segunda-feira (11).

Renegando a necessidade dos “mandatos”, documentos que o governo estadunidense utiliza para comprovar a imunização das pessoas e liberar sua entrada em locais fechados, West atenta impunemente contra a saúde pública, utilizando o palanque e os meios de comunicação a seu dispor para disseminar a campanha negacionista. A carreira política do líder republicano também inclui uma passagem como deputado pela Flórida.

Na semana passada, o candidato e sua esposa Angela testaram positivo para a doença, após participar de um evento de arrecadação de fundos de campanha, em que propagaram o vírus. A mulher teve alta após apresentar sintomas leves e já se encontra vacinada.

Desde um hospital de Dallas, West disse que após esta experiência, estava “relaxado e ainda mais dedicado a lutar contra a obrigatoriedade de vacinas”. Apesar do seu otimismo, os médicos manifestaram preocupação pela visível redução no nível de saturação de oxigênio em seu sangue.

Em julho, West disse que competiria contra o governador Greg Abbott pela candidatura republicana ao governo do Texas.