Fórum das Mulheres do PCdoB manifesta solidariedade à Manuela d'Ávila

Reprodução/YouTube

Reunido nesta quinta-feira (3), o Fórum Nacional Permanente sobre Emancipação das Mulheres (FNPEM) do PCdoB, divulga nota em que “repudia os ataques, violência e ameaças inaceitáveis contra Manuela d’Ávila”.

Segundo o texto, “os ataques que miram Manuela, atingem todas as mulheres, todas as crianças e o próprio Estado democrático de direito”.

“A luta pela emancipação das mulheres é parte indissolúvel da luta pela emancipação da própria sociedade, é o termômetro da construção de uma sociedade mais justa e democrática!”, complementa a nota.

Leia a íntegra abaixo:

Nota

O FNPEM repudia os ataques, violência e ameaças inaceitáveis contra Manuela d’Ávila!

Reunido em 03 de junho de 2021, o Fórum Nacional Permanente sobre Emancipação das Mulheres – FNPEM do PCdoB, vem de público manifestar sua solidariedade à Manuela d’Ávila e à toda sua família, assim como seu mais veemente repúdio em relação aos ataques e ameaças sofridas, inclusive contra sua filha Laura, de 5 anos de idade.

As ameaças são gravíssimas, crescentes, e se caracterizam pela misoginia, e por um verdadeiro atentado contra a vida!

Das autoridades públicas, inclusive policiais, exigimos o máximo empenho em localizar os criminosos e propor a punição mais exemplar, para que o fato não se repita, nem contra Manuela, nem contra nenhuma mulher.

Declaramos que nos sentimos todas violentadas, ameaçadas e agredidas e que estamos irmanadas na dor, mas também na disposição de luta.

Os ataques que miram Manuela, atingem todas as mulheres, todas as crianças e o próprio Estado democrático de direito.

Forças reacionárias, fascistas, de direita, não aceitam que mulheres avancem nos espaços políticos, principalmente quando essas mulheres expressam de forma tão viva, tão clara, a luta pela emancipação feminina, por igualdade de direitos entre os gêneros pela democracia e justiça social.

A luta pela emancipação das mulheres é parte indissolúvel da luta pela emancipação da própria sociedade, é o termômetro da construção de uma sociedade mais justa e democrática!
É disso que eles tem medo, É isso que eles temem.
Por essa razão atacam Manuela.
Somos mulheres, feministas e libertárias!!!
Somos todas Manuela’s!

Brasil, 3 de junho de 2021

Fórum Permanente Nacional sobre Emancipação das Mulheres do PCdoB

 

Leia mais:

Cresce nas redes apoio e solidariedade à Manuela d’Ávila