Flávio Dino: "Improcedente versão sobre minha suposta inelegibilidade"

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) usou as redes sociais para responder sobre notícias veiculada na grande imprensa nacional de que estaria inelegível. Segundo ele, é “absolutamente improcedente qualquer versão sobre inelegibilidade”. Para tanto, anuncia Flávio Dino que irá pleitear, normalmente, o registro de sua candidatura a reeleição ao Tribunal Regional Eleitoral.

Em coletiva de imprensa na noite desta quarta-feira (8), Flávio Dino reiterou que não está inelegível e que esta é uma ação bastante frágil e estranha.  “Ela não tem nenhum efeito, já que tem que ser confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), de modo que ela é uma sentença que fatalmente será anulada. Não produz nenhum efeito na eleição agora de 2018, portanto, nossos adversários vão ter que disputar as eleições no voto popular, que é o certo”, afirmou.

O governador lamentou ainda o que chamou de “factoides”. Para ele, ações como essa demonstram a crise de abstinência de privilégios da família que governou o Maranhão por mais de 40 anos. “Aí ficam inventando coisas sem sentido”.

Assista:

Confira a mensagem do governador:

“Absolutamente improcedente qualquer versão sobre minha suposta inelegibilidade, especulada há semanas pelo grupo Sarney/Murad. Estes, para voltarem aos seus privilégios, terão que vencer nas urnas. O resto é factoide e desespero.

Amanhã irei pleitear normalmente meu registro ao TRE, que será deferido nos termos da lei. E semana que vem vamos começar mais uma bela campanha alegre, propositiva e vencedora.

Fui juiz federal por 12 anos, sou professor de Direito Constitucional há 25 anos e, por isso, não levo a sério armações do grupo Sarney/Murad.

Me desculpem não ter me manifestado antes. Mas estava muito ocupado com coisas sérias, trabalhando para continuar com as mudanças que temos feito em nosso Estado”.