Flávio Dino: Estado deve ser laico, mas não antirreligioso

Foto: (Foto: Gilson Teixeira/Secap

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) falou, durante a inauguração do parque João Paulo II, em São Luís, sobre a laicidade do Estado. O vídeo foi veiculado em suas redes sociais no sábado (2).

“Sempre afirmamos o ideal da laicidade do Estado. O Estado é laico. Porém, ao ser laico, ele não é antirreligioso. Ele é laico no sentido de que ele é de todas as religiões, de que ele não discrimina, não privilegia, não oprime, não impõe”, declarou.

Ao se referir ao ano de 2020, Flávio Dino lembrou a origem da palavra “religião”. “‘Religare’: ligar o que está rompido pelo individualismo, pelo egoísmo, como nós vimos neste que foi, sem dúvida, o pior da nossa geração, mais desafiador da nossa geração”, disse, aludindo à perda de quase 200 mil vidas em 2020 para a Covid-19.

Portanto, disse, “quando falamos de religião, estamos falando de fraternidade, de empatia, de servir, de colocar sua vida a serviço de outras vidas”, concluiu.

 

Assista o vídeo

 

Por Priscila Lobregatte