Flávio Dino afirma: “Não podemos interromper o programa Escola Digna”

Em entrevista à TV Difusora nesta quarta-feira (12), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), candidato à reeleição, afirmou que o programa Escola Digna vai continuar sendo prioridade na sua gestão, caso seja reeleito.

Escola Digna é o maior programa de investimento em educação na história do Maranhão. O programa consiste na ideia de que a educação é o melhor instrumento de superar perversas desigualdades e obter desenvolvimento verdadeiro.

“Recebemos a rede estadual de educação de modo caótico. Olhamos esse quadro crítico e lançamos ação em duas direções: reconstruir a rede estadual e ajudar os municípios”, disse Flávio Dino.

De acordo com o governador, desde 2015, já foram entregues mais de 800 Escolas Dignas construídas, reconstruídas ou reformadas em todas as regiões do Estado. “Ainda temos escolas que precisam de reforma e construção, por isso estou buscando a reeleição, para não interromper esse programa”, afirmou.

Flávio Dino também ressaltou que a nota do Ensino Médio maranhense atingiu a maior marca da história, segundo a avaliação feita pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação.

“O Ideb recuou na gestão passada. Isso fez que eu tivesse que recuperar o que foi perdido e ainda crescer. E fizemos isso”, acrescentou Flávio. Com a atual gestão, o Maranhão subiu de 22º para 13º lugar no Brasil.

Medicina na UemaSul

Na entrevista, Flávio Dino afirmou que o curso de Medicina da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul) está em fase de preparação. É mais uma iniciativa para que o número de médicos continue aumentando no Maranhão.

O projeto de lei que cria o curso já foi aprovado pela Assembleia Legislativa. “Estamos neste momento formatando os projetos para aprovação. Nossa perspectiva é que o curso funcione já no ano que vem”, contou o governador.