Em nota, PCdoB saúda os 60 anos da Revolução Cubana

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em nome de sua presidenta, Luciana Santos e do secretário nacional de Política e de Relações Internacionais do PCdoB saúda o povo cubano em razão dos 60 anos da Revolução. Uma carta foi enviada ao embaixador de Cuba no Brasil.
Leia, abaixo, a íntegra do documento:
__________Brasília, 21 de dezembro de 2018.

Ao Embaixador da República de Cuba no Brasil

Sr. Rolando Gomez

Estimado Embaixador,

Dirigimo-nos às autoridades cubanas e igualmente solicitamos extensão dessa missiva aos dirigentes do Partido Comunista Cubano, com referência à grandiosa data do próximo 1º. de janeiro de 2019. Data em que serão comemorados os 60 anos da Revolução Cubana.

Ao longo dessas seis décadas, Cuba deu ao mundo uma lição de resistência ao imperialismo e de construção ativa, pelas mãos de seu povo, de uma experiência revolucionária que inspira o mundo inteiro, na busca de sociedades mais justas e humanas.

Não foram pequenos e não foram poucos os obstáculos e as ameaças ao processo revolucionário ao longo desse período. Enfrentados sempre com um permanente esforço de elevação do nível de cultura, sabedoria e consciência da população. Através de programas que sempre colocaram no centro a pessoa humana. Tanto em saúde, educação, esporte, cultura, ciência e valorização do trabalho.

O internacionalismo e especialmente as ações de solidariedade internacional, promovidas por Cuba, são as marcas revolucionárias mais visíveis externamente, mas sabemos que só são possíveis por um profundo e admirável processo de construção revolucionária interna.

A direção do PCdoB se sente honrada por poder compartilhar essa data de júbilo ao lado do povo cubano e dos dirigentes cubanos.

Atenciosamente,

Luciana Santos – presidenta Nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Walter Sorrentino –  secretário de Política e de Relações Internacionais do PCdoB.

Partido Comunista do Brasil (PCdoB)