Câmara aprova homenagem ao ex-deputado Haroldo Lima

Foto: reprodução

O plenário da Câmara aprovou, nesta quinta-feira (28), o Projeto de Resolução 65/2021, de autoria da Bancada comunista,  em homenagem ao líder político Haroldo Lima, que exerceu cinco mandatos de deputado federal pelo PCdoB no Estado da Bahia.

Nascido em 7 de outubro de 1939, na cidade de Caetité, Haroldo foi deputado Constituinte e faleceu em 24 de março de 2021, aos 81 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. No exercício dos seus mandatos, se destacou na defesa do fortalecimento da democracia, da igualdade social e pelo Estado Democrático de Direito.

A proposta foi aprovada na forma do substitutivo do relator, deputado Cacá Leão (PP-BA), que fez adequações à proposição original. O texto estabelece que a denominação “Ala Haroldo Lima” seja conferida ao corredor da Ala “C”, no Anexo II da Câmara dos Deputados, no trecho localizado à frente das salas de números 2 a 28.

Apensados ao PRC 65, os projetos de resolução 66 (também do PCdoB) e 67 tiveram sua redação original alterada pelo relator e passaram a denominar o espaço localizado em frente às salas 34 a 60, do mesmo corredor, como “Ala Simão Sessim”. O ex-parlamentar morreu em agosto passado, aos 85 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava debilitado por causa do tratamento contra um câncer linfático e contraiu Covid-19.

O projeto foi aprovado em votação simbólica. Em seguida, a proposta foi promulgada, transformando-se na Resolução 28/2021.

Justa homenagem

Ao apresentar a proposição, o líder do PCdoB na Câmara, deputado federal Renildo Calheiros (PE), destacou que se trata de uma justa homenagem a dois grandes brasileiros vitimados pela pandemia do novo coronavírus.

“São ex-parlamentares que muito contribuíram para vida nacional, que lutaram pela democracia e se tornaram referência importante dentro da Câmara dos Deputados”, disse.

O deputado Cacá Leão declarou que relatar o projeto tocava seu coração, por reforçar “a certeza de como é bom servir ao povo brasileiro”.

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), vice-líder da Oposição, agradeceu o plenário pela homenagem, que resgata a imagem de dois grandes parlamentares da Casa. “Simão Sessim foi irmão, parceiro e amigo; e Haroldo Lima um dos maiores defensores da democracia e dos direitos do povo brasileiro”.

Repercussão

Em suas redes sociais, o vice-líder da Bancada comunista, deputado federal Daniel Almeida (BA) comemorou a homenagem: “Viva Haroldo Lima! Nosso eterno líder foi homenageado na Câmara dos Deputados, com a aprovação da proposta da bancada do PCdoB. O corredor das Comissões Permanentes da Câmara se chamará “Ala Haroldo Lima”. Ele foi 5x eleito como Dep. Federal e deixou um brilhante legado!”.

Também vice-líder do PCdoB, a deputada federal Alice Portugal (BA) destacou que o ex-deputado sobreviveu à ditadura e dedicou sua vida política à defesa do Estado Democrático de Direito, da justiça social e de um país livre e soberano. “Viva, Haroldo Lima! Nosso expoente da democracia e da liberdade”, escreveu no Twitter.

 

Por Walter Félix

 

(PL)