Aldo Arantes: precisamos reagir pela vida e pela democracia

O deputado Constituinte em 1988, Aldo Arantes, que é também coordenador nacional dos Advogados e das Advogadas pela Democracia, Justiça e Cidadania (ADJC) e membro da direção nacional do PCdoB, gravou um vídeo em que faz apelo aos brasileiros para que, das suas janelas, participem das manifestações deste 31 de março contra Bolsonaro, pela democracia e pela saúde pública.

“Não podemos ficar passivos diante da ameaça à vida e à democracia”, ressaltou Aldo Arantes, que foi preso e torturado nos anos de chumbo, quando viveu 11 anos na clandestinidade, lutando contra o regime ditatorial.

Ele destacou também a “irresponsabilidade” de Bolsonaro diante da pandemia do coronavírus.

Assista à íntegra: