Adalberto sobre Amazônia: fez emergir frente em oposição a Bolsonaro

Reprodução

Em vídeo, o secretário nacional de Comunicação do PCdoB, Adalberto Monteiro ressalta a importância da união da sociedade brasileira em protesto contra as queimadas na região amazônica e destaca as razões para se responsabilizar o presidente da república pelo desastre ambiental naquela região.

“As queimadas que causaram tanta revolta e indignação na sociedade brasileira tem um responsável: é o presidente da República. Desde que ele tomou posse vem fazendo um conjunto de atitudes que na prática incentivaram essas queimadas, atacou o Ibama, desmantelou as estruturas de fiscalização e controle daquela região, demitiu o presidente do INPE – que é o instituto que fazia o controle dos fatos meteorológicos da Amazônia. Portanto, acabou por incentivar essas queimadas.”

Defesa da Floresta

Adalberto salienta que diante deste fato “emergiu com força a bandeira de defesa da Amazônia, do desenvolvimento sustentável e forte oposição às atitudes irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro”.

“A boa nova é a que a frente ampla que vai se formando em oposição ao governo Bolsonaro obteve esse grande reforço com a bandeira do desenvolvimento sustentável da Amazônia. A bandeira ‘Amazônia é nossa’ vem de longe e novamente brota em nosso país, mobilizando intelectuais, artistas, parlamentares, ambientalistas que passam a reforçar essa jornada em defesa da democracia, dos direitos e da soberania do nosso país”, solenizou.

Confira no vídeo a seguir: