A liberdade de Lula é a liberdade do nosso país', diz Manuela d'Ávila

Foto: Ricardo Stuckert

O primeiro dia de atos da Caravana Lula Livre que, nesta sexta-feira (5), percorreu a cidade de Porto Alegre, foi sintetizado pela ex-deputada Manuela d’Ávila (PCdoB) como uma defesa geral para que o Brasil volte ao rumo do desenvolvimento econômico e social.

Na Assembleia Legislativa gaúcha, Manuela, que concorreu à vice-presidência nas eleições do ano passado na chapa liderada por Fernando Haddad (PT), destacou que durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o país, ao lado de outras nações da América Latina, trilhava a busca por um mundo mais igualitário e, diante da derrocada atual, a bandeira “Lula Livre” é a continuidade dessa luta.

“A liberdade de Lula é a liberdade do nosso país”, destacou a ex-deputada. “Ele conduziria o povo, mais uma vez, ao Palácio do Planalto e à soberania”.

Mais cedo, Haddad e Manuela participaram ainda de um ato na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que contou com a participação de centenas de estudantes que bradavam pela defesa da democracia, seguida por uma caminhada do Largo Glênio Peres até a Assembleia Legislativa, onde o primeiro dia da Caravana Lula Livre se encerrou.