Orlando: Defender desenvolvimento do país é combater as privatizações

Crédito da Foto: Richard Silva/PCdoB na Câmara

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta terça-feira (13), o líder do PCdoB na Câmara, deputado (SP) Orlando Silva, explicou que a bancada comunista definiu como batalha central o combate a privatização da Eletrobras. “É um grande patrimônio do Brasil, fruto de décadas de investimentos do governo”, ressaltou.

“A ideia da bancada do PCdoB foi levada à Oposição e fizemos uma reunião com o PT, PDT, PSB e Psol e conjuntamente decidimos que a luta contra a privatização da Eletrobras é uma luta prioritária da Oposição no parlamento. Esse será um embate que vamos viver na Câmara essa semana”.

Na opinião do parlamentar comunista, privatizar o sistema Eletrobras irá repercutir na vida dos consumidores, causando aumento na tarifa e consequentemente no custo de vida para as famílias e irá abortar programas sociais, como o “Luz Para Todos”.

“Infelizmente o atual governo [de Michel Temer] tem compromisso com a privatização e a desnacionalização brasileira, por isso quer liquidar a Eletrobras”, lamentou.

Orlando enfatizou que para defender a soberania nacional e o desenvolvimento do Brasil é preciso combater a privatização da Eletrobras.

Participação popular

O deputado explicou que nesta semana também terá a votação de projetos importantes, sendo que um deles diz respeito a assinatura eletrônica para projetos de lei de iniciativa popular.

“O PCdoB é favorável a democracia direta e a participação popular. Tudo que simplifica a participação popular, levando em conta a era digital e as possibilidades de maior participação somos a favor”.

Mas, Orlando enfatiza que estão tentando colocar um “jabuti” nesse projeto de lei. “Estão querendo abrir uma janela para que vereadores possam mudar de partido. Aí a bancada do PCdoB é contra, acreditamos importante estimular a fidelidade partidária.

Assista o vídeo na íntegra: