Livro de Elias Jabbour sobre a China é lançado no Festival Vermelho

Elias Jabbour (à direita) é um dos mais profundos estudiosos da China l Foto: André Cintra

O Espaço Literário do Festival Vermelho recebeu, na noite desta sexta-feira (25), o lançamento do livro “China: Socialismo do Século XXI”, de Elias Jabbour e Alberto Gabriele. O evento ocorreu com a presença de Jabbour, que se disse emocionado em poder fazer o lançamento da obra no festival do centenário do partido.

“Como militante do PCdoB, estou passando por um dos momentos mais especiais da minha vida. Entrei no partido há 31 anos e nunca imaginava que iria estar lançando um livro na festa do centenário. É um dos dias mais emocionantes da minha vida, e não tenho como explicar com palavras.”

A obra analisa a República Popular da China e seu papel no sistema econômico internacional. Debatendo o socialismo chinês, Jabbour e Gabriele mergulham na complexidade da China com uma abordagem materialista. A obra apresenta um país que durante décadas conquistou elevadas taxas de crescimento e se tornou uma das maiores economias do planeta, sem ignorar as contradições do processo.

“O livro é sobre o socialismo e a forma histórica que o socialismo tomou na China
hoje”, afirmou.

Jabbour também comentou que o papel que a China desempenha no contexto internacional apresenta reflexos de sua formação histórica. Para o comunista, a postura chinesa no conflito da Ucrânia pode elevar o nível nas relações internacionais.

“O atual papel da China no conflito da Ucrânia é uma defesa do multilateralismo, da paz quase que incondicional, uma paz que sirva a todo mundo”, afirmou Jabbour.

 

De Niterói, José Medeiros