Centenário: PCdoB é homenageado na Câmara de Florianópolis

O grande expediente da Câmara Municipal de Florianópolis foi reservado para homenagear os 100 anos do PCdoB | Foto: Divulgação

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) de Florianópolis foi homenageado pelos seus 100 anos de fundação durante o Grande Expediente da Câmara Municipal da cidade, na noite desta quarta-feira (6). Na ocasião, estiveram presentes, além de Divo e Raquel Ghizoni, lideranças históricas da sigla, a presidente do PCdoB municipal, Anderlize Abreu, a vice-presidente do PCdoB em Florianópolis, Janaina Deitos; Ronald Santos, coordenador da comissão nacional de Saúde do PCdoB e membro do comitê Central do partido, o presidente Homero Gomes (PSB), a secretária de mulheres do PDT, Jordana Sage; Leonel Camassão, presidente do Psol, João Ghizoni, o primeiro vereador do PCdoB,  Eliane Teixeira, presidente do PT-SC, além de amigos e simpatizantes do partido.

O propositor da solenidade, o vereador Afrânio Boppré (Psol), disse que foi uma honra poder ser o autor da iniciativa, aprovada por unanimidade pelos colegas vereadores e vereadoras. “Faz jus a uma história de luta, de coerência, do Partido Comunista do Brasil, marcando seus  100 anos de vida, tanto na legalidade como na ilegalidade. Acho que a Câmara de Vereadores faz aqui uma referência necessária, além de ter também, a presença de um conjunto de ex-colegas vereadores, que partilharam também do trabalho aqui para o desenvolvimento da própria Câmara. Então eu fico muito feliz e agradeço a todos que apoiaram essa iniciativa”, falou.

Para os representantes presentes, a homenagem destaca a trajetória de luta do partido por um amanhã melhor.  “De luta, de bravura, de muitos camaradas que passaram antes de nós para que chegássemos até aqui e conseguíssemos estar de volta a uma democracia, lutando pelo povo brasileiro e conquistando cada dia mais o espaço e os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e principalmente das mulheres desse País”, disse a presidente do PCdoB de Florianópolis, Anderlize Abreu.

 

O ex-vereador e agora dirigente estadual do PCdoB, João Ghizoni, demonstrou a sua alegria ao usar a tribuna novamente para homenagear o aniversário do partido. “Retornar a casa sempre é bom, né, sobretudo depois do trabalho que a gente conseguiu deixar, as marcas que a gente deixou aqui na casa”, falou.

 

 

Leia na íntegra o discurso de homenagem aos 100 anos de fundação do PCdoB:

“Verbo por verbo — no presente ou no futuro –, LUTAR ainda é o melhor. Lutar para transformar a nossa pátria na terra da liberdade, da cultura, da fartura, da justiça social, da solidariedade humana. Terra de homens livres, terra da revolução libertadora! “

É com essas palavras, ditas por João Amazonas, nosso Presidente de Honra, que inicio minha fala neste dia tão importante e que marca as comemorações do centenário do Partido Comunista do Brasil.

Nosso partido chega aos 100 anos com grandiosas contribuições para a História brasileira.

O PCdoB viveu 60 anos na clandestinidade, sem nunca deixar de defender os anseios de um Brasil mais justo e igualitário; combateu ditaduras; defendeu o patrimônio nacional na histórica campanha “o petróleo é nosso”; lutou bravamente contra o fascismo em apoio aos pracinhas na 2ª Guerra; resistiu à perseguição brutal nos duros anos da ditadura militar que começou em 1964 e travou o bom combate na Guerrilha do Araguaia.

A coragem e a ousadia são adjetivos que caminham lado a lado em nossa história.

E no presente, não poderia ser diferente.

O PCdoB chega aos seus 100 anos atuando com muita combatividade e altivez, destacando-se como um dos partidos mais aguerridos na oposição ao Presidente genocida Bolsonaro, que dia após dia vem tirando até mesmo a característica mais marcante de nosso povo: a esperança.

Peço a licença de todos, para citar alguns dados que demonstram o caos em que nos meteu este governo que vira as costas para o povo:

Temos, atualmente, 12 milhões de brasileiros desempregados;

A população desalentada, que já desistiu de procurar emprego, ultrapassa os 5 milhões de brasileiros;

Entre os brasileiros que possuem emprego, quase 40 milhões estão na informalidade – chegando próximo à máxima histórica do país;

A população que gostaria de trabalhar por um período maior do que é contratada chega a 31 milhões de brasileiros.

Além de massacrar o povo brasileiro ao não criar nenhum programa que possa aquecer a economia para gerar emprego, os desmandos econômicos de Paulo Guedes nos trazem à seguinte situação:

A inflação do mês de fevereiro foi de 1,01%, sendo a maior taxa para o mês desde 2015;

Em 12 meses, o IPCA acumula alta de 10,54%;

Em 12 meses, a gasolina acumula avanço de 32,62%; o diesel, de 40,54%, e o etanol, de 36,17%.

O gás de botijão acumula alta de 27,63%.

Além de todos esses números, o Brasil está de volta ao mapa da fome.

Mais da metade da população brasileira — cerca de 116 milhões de pessoas — vive com algum grau de insegurança alimentar.

Ao menos 19 milhões estão passando fome, situação agravada pela pandemia e pela crise econômica do país.

Diante dessas circunstâncias, o agora centenário PCdoB olha para o horizonte com a certeza de que somente uma frente ampla é capaz de derrotar o retrocesso e colocar o país no caminho do desenvolvimento e da justiça social.

Em Santa Catarina não poderia ser diferente e estamos convictos de que a Frente Ampla que estamos construindo conseguirá fazer frente ao conservadorismo, oferecendo aos catarinenses um projeto de ascensão social e crescimento econômico.

Durante nossa história, muitos deram nosso partido como acabado. Entretanto, a cada nova crise do atual sistema, mais pessoas enxergam que só há uma única alternativa para acabarmos com as mazelas da desigualdade: o socialismo.

Na condição de Presidenta do Diretório Municipal do PCdoB de Florianópolis, posso afirmar que nosso partido vem crescendo dia após dia, tendo um futuro ainda mais glorioso pela frente.

1, 2, 3, 4, 5, mil! E viva o Partido Comunista do Brasil!”


Ronald Ferreira dos Santos, coordenador da comissão nacional de Saúde do PCdoB, membro do Comitê Centra | Fotos: Divulgação

Na próxima segunda-feira (11), às 19 horas, no Plenário Deputado Osni Régis, a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina realizará uma Sessão Especial em comemoração aos 100 anos de fundação do PCdoB.

__

Com informações de agências